Comparação: Nova Poupança X Fundos ou CDB

Simulação FIF X Poupança com Selic a 10.75 aaCenário de juro em alta Onde investir FSP 30122013

Com o novo aumento do juro básico (a Selic) para 10,5% ao ano, a poupança retoma vantagem sobre o rendimento médio de fundos de renda fixa que havia sido parcialmente perdida na elevação anterior da taxa, em novembro de 2013, para 10% ao ano. Os cálculos — veja detalhes no quadro acima — foram feitos pela Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade).

O grande benefício para a poupança agora é a TR (Taxa Referencial), que está mais alta. A projeção da Anefac é TR média de 0,09 ponto percentual em janeiro de 2014. A TR é calculada com base no juro básico e no número de dias úteis de cada mês. Quanto maior o juro e mais longo o mês, maior a taxa.

A antiga poupança, cujos depósitos foram feitos até o dia 03/05/2012, oferece segurança, liquidez, simplicidade,  isenção fiscal — e rendimento adequado apenas quando a Selic estiver abaixo de 8,5% aa. Pouquíssimas aplicações de baixo risco conseguirão render mais do que o ganho líquido preservado, indefinidamente, de 6,17% mais TR, da caderneta com o juros abaixo desse patamar. Não se poderá depositar mais, portanto, sacando dela, já era

Quem tem dinheiro depositado na poupança antes do dia 04/05/12 deve evitar ao máximo sacar caso espere que no futuro os juros SELIC caiam novamente abaixo de 8,5% aa. Neste caso, a poupança antiga será, relativamente, o melhor investimento financeiro.

De acordo com o Banco Central, antes do dia 04/05/12, haviam cerca de R$ 436 bilhões na “velha” poupança. Eram 98 milhões de poupadores, sendo 98% deles com saldos de até R$ 50 mil. O “povão”, na ocasião, ficou com a melhor aplicação, considerando segurança, liquidez e rentabilidade.

Alessandra Bellotto (Valor, 04/05/12) apresentou uma simulação que levava em conta a nova fórmula da poupança, quando a Selic atingisse 8,5% aa e a remuneração da poupança fosse para 70% do CDI, mostrando que cerca de 40% dos fundos DI e de renda fixa distribuídos no varejo já estariam perdendo dos depósitos de poupança.

Veja o exemplo abaixo com o juro Selic de 9% ao ano, quando praticamente metade das carteiras rendem menos do que a caderneta. Nessa simulação deve ser considerada a alíquota variável de imposto de renda para os fundos, que é adotada para aplicações de acordo com o prazo: 6 meses-22,5%; 1 ano-20%; 1,5 ano-17,5%; 2 anos-15% do rendimento.

Fonte: FSP, 04/05/12

A mudança da regra para remuneração dos depósitos de poupança equilibra as aplicações e preserva dois instrumentos importantes: a poupança, que serve de fonte de recursos para o crédito imobiliário, e os fundos, que ajudam a financiar a dívida pública. Ao mexer na remuneração futura da poupança, o governo está apenas adequando o retorno ao menor risco da aplicação relativamente a outros investimentos financeiros.

Não são apenas os fundos que sofrem impacto com a mudança no cálculo de remuneração da caderneta. Os Certificados de Depósitos Bancários (CDBs) também ganham um competidor importante. Simulação mostrou que, com juros básicos de 8,5%, CDBs que ofereçam remuneração menor do que 85% do CDI já ficam menos atrativos do que os depósitos de poupança, se considerado o rendimento líquido de imposto de renda, em todos os prazos. Se a remuneração for 90% do CDI, só seriam atrativos os CDBs com prazos superiores a seis meses.

Observação: em todas essas simulações, só são consideradas pequenas diferenças entre percentuais, mas o investidor comum não deve se impressionar muito com esses relativos. Incidentes sobre baixos valores nominais (ou absolutos), os rendimentos monetários serão bem inferiores à possibilidade de rendimento “extra” no mercado de trabalho. Em outras palavras, trabalhadores devem aplicar no mercado financeiro com foco principal em preservar o valor real (superior à taxa de inflação) de suas reservas para emergência e/ou aposentadoria, que lhe custa muito ganhar.

Juro SELIC 9 pc aa

Leia mais:

Regra de Ouro para Decidir entre Depósitos de Poupança e Fundos de Investimentos

Vantagens de Investir em LCI ou LCA

229 thoughts on “Comparação: Nova Poupança X Fundos ou CDB

  1. Olá adorei o post, mais ainda estou na duvida para qual investimento é mais vantajoso e qual seria meu ganho liquido. tenho 10 mil para investir e não sei onde aplicar esse dinheiro ta parado na conta corrente o pessoal do banco quer q eu invista em cdb mas vejo q ainda assim a poupança parece mais atrativa

    • No cenário atual, considerando o incentivo fiscal e a ausência de taxa de administração, minha preferência é por depósito de poupança. Ele inclusive tem a liquidez que permite seu resgate caso o cenário esperado não se confirme e ocorra reversão da queda da taxa de juros.
      att.

      • Boa noite Fernando,
        Primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelo excelente trabalho.
        Tenho atualmente R$200.000,00 da venda de um imovel, gostaria de saber se seria mais vantajoso eu comprar um novo imovel ou investir em alguma das opções citadas em seu texto?

      • Prezado Robson,
        você tem de avaliar seus planos futuros (prazo ou liquidez) e seu perfil de investidor (grau de aversão a risco ou segurança), antes de escolher sob que forma manter sua riqueza (ganho de capital ou rendimento).
        att.

      • 10 mil reais em cdb di a taxa de 87,38% ou na poupança? pretendo deixar por 18 meses
        obrigado pela atenção

    • Prezado Fernando Nogueira da Costa, parabéns por esse espaço.

      Na sua opinião, tendo R$ 80.000, qual o melhor investimento CDB-DI (100%) ou poupança pessoa física?

      Obrigado.

      • Boa pergunta! Retirei um dinheiro de uma aplicaçao da Vale e estou com a mesma duvida. Vou aproveitar a sugestão que derem Gustavo. Obrigada.

  2. Mesmo na pessoa jurídica você acredita que poupança seria melhor, sendo que poupança pessoa jurídica também paga IR?

  3. Tenho 70.000,00 na poupança antiga, pretendo depositar mais 30.000, esse novo depósito sofrerá a incidência atual de rendimentos?Pelo que entendi, a melhor opção é manter a poupança antiga e continuar investindo em poupança(30.000,00), pois cogitei em aplicar o total em cdb pré.

    • A “nova poupança” ainda manterá o rendimento líquido real, embora muito diminuto. Ganha-se dinheiro no mercado de trabalho, preserva-se seu poder aquisitivo em depósitos de poupança sem risco. Para obter maior retorno, terá de correr maior risco. Valerá a pena para pequenas quantias das Finanças dos Trabalhadores?
      att.

  4. Boa-noite! Desculpe pela ignorância nas perguntas a seguir rsrs, mas tudo tem um começo. Tenho apenas R$ 1.500 reais na poupança, mensalmente depositarei algo em torno de R$ 500,00 a R$ 1.000. Agora a minha dúvida: aplicar em poupança ou Ações na bolsa? Abri uma conta na Geração Futuro, porém estou receoso de estar fazendo o investimento certo ou não… Quero ganhos razoáveis e sonho chegar aos meus primeiros R$ 10.000 reais e num futuro não longinquo o tão sonhado R$1.000.000,00! Será que chego lá rsrs Comprei todos os livros do Gustavo Cerbasi!
    Grato pela atenção e desculpe pelas perguntas amadoras.

    • Prezado Flávio,
      minha sugestão para pequenas quantias é depósitos de poupança, apenas para preservar o valor real do seu poder aquisitivo. Trabalhador não se enriquece no mercado de capitais, mas sim no mercado de trabalho. Parece óbvio dito assim, não? Porém, “consultores de Finanças Pessoais” vendem livros afirmando o contrário. Portanto, é melhor não gastar comprando-os, mas investir em educação continuada, isto é, qualificar cada vez mais sua força de trabalho. Assim, poderá cobrar mais por ela!
      att.

      • Fernando, mas trabalhar e se qualificar não é o que todos estão fazendo, e continuam como o ramister na rodinha, correndo sem poder parar nunca e sem nunca sair do lugar? Robert T. Kiyosaki em seu livro “Pai Rico, Pai Pobre”, tem opiniões diferentes: 1 – ao invés de trabalhar a vida toda pelo dinheiro, aprender a fazer seu dinheiro trabalhar para você; 2 – buscar maior estabilidade financeira, aprendendo a investir em imóveis, mercado acionário ou pequenos negócios, para ter maior estabilidade (do que depender exclusivamente de uma ÚNICA fonte de renda – seu emprego -, como todos fazem). O que vc acha desses conceitos de Kiyosaki?
        E em relação ao Tesouro Direto? O senhor tem a mesma opinião?

  5. Olá
    tenho 60000 para investir e não tenho experiência. Estou em dúvida entre poupança e CDB (93% do cdi me foi oferecido). Estimo que deixarei o dinheiro por pelo menos 4 meses.
    Att.

  6. Boa tarde Fernando!
    Tenho atualmente R$26.000,00 na poupança antiga. Primeira pergunta: “Se eu continuar investindo na poupança, por exemplo R$500,00 mensal, os juros implicará na nova tabela de poupança ou não?”
    Segunda pergunta: “Seria melhor eu permanecer com o valor atual (R$26.000,00) na poupança e, continuar investindo nela mensalmente ou seria interessante eu aplicar todo (ou parte) do valor em outra forma de investimento, como por exemplo o CDB?”

    Agradeço desde já a ajuda!

  7. Ola…
    Ganhei aproximadamente 100.000 de herança…
    Qal é o melhor investimento sendo que vou guardar esse dinheiro para emergencias ou a mais longo prazo adquirir um imovel…
    Agradecido

  8. Olá Fernando, boa noite.

    Tenho um pequeno investimento na “Antiga Poupança”, no qual eu fazia alguns depósitos de tempos em tempos. Após as mudanças das regras, não fiz mais nenhuma aplicação, mas pensando em fazer algumas aplicações em breve e tenho uma pequena dúvida:

    Minha poupança me dá opção de criar subcontas, onde apesar de estarem dentro de uma mesma conta poupança, seriam de certa forma separadas. Com pensamento de num futuro precisar fazer algum resgate, seria mais interessante eu utilizar uma subconta para as aplicações feitas sob as regras da “Nova Poupança” justamente para não mexer com as aplicações feitas nas regras antigas e perder alguma rentabilidade?

    Obrigado.

    • Prezado Daniel,
      a “velha poupança” é “intocável”, se não houver necessidade básica para atender, pois ela dá hoje o maior rendimento sem risco. Sendo assim, ela deixa de ter liquidez.
      Todos os novos depósitos irão para a “nova poupança”, enquanto a Selic estiver abaixo de 8,5% aa. Remunerando em 70% dessa taxa Selic, dela deve ser as retiradas.
      att.

      • Entendo. Então significa que não há a necessidade de eu fazer esses novos depósitos em uma subconta para deixar separado da já existente que é exclusivamente com depósitos nas regras da “Antiga Poupança”?

        A ideia que eu tive de usar uma subconta seria justamente para haver essa separação de fato e quando houvesse necessidade de fazer algum resgaste, não utilizaria em nenhum momento os atrelados aos antigos depósitos, pois os faria os resgastes diretamente da subconta com os depósitos baseados na “Nova Poupança”.

  9. Ola Fernando,
    Eu tenho R$ 100.000,00 na poupaca antiga. Eu iria usar esse dinheiro para dar de entrada em um imovel mas acredito que ainda vou esperar mais um ano para adquirir o imovel. Melhor mudar para outro tipo de aplicacao ou permacer na poupanca?

  10. Caro Fernando,
    Consegui um CDB com 0,96 do CDI. Apliquei 20.000 que estavam “parados”. Pretendo deixar por 12meses. Posso considerar um bom negócio ou a poupança teria sido a melhor opção??

  11. Pelo que vi, os investimentos em poupança é melhor do que o CDB para quem investe pouco. Poderia me esclarecer em relação ao Tesouro Direto. Quais as vantagens entre essa modalidade de investimento e a poupança?.
    Obrigada pela atenção.

  12. Tenho 20 mil reais na poupança, considerando a nova e a antiga. Não sei a quantia em cada uma. Estou pensando em tirar 10 mil da poupança e aplicar no Tesouro Direto. É uma boa opção no momento? Se sim, quais letras do tesouro recomenda?

  13. Prezada Rubia,
    a experiência sugere que as pessoas não apreciam situações onde estão incertas a respeito da distribuição de probabilidade do jogo.

    Tais situações de incerteza são conhecidas como de ambigüidade, e o desgosto geral delas, como aversão à ambigüidade.

    Elas ocorrem quando os investidores não se sentem competentes o suficiente para tomar decisão que envolva risco.

    Normalmente, os indivíduos buscam dois caminhos: algum mercado no qual possui conhecimento suficiente para avaliar os riscos ou algum especialista que possua competência para avaliar melhor os cenários prováveis de ocorrência.

    Uma das tarefas mais importantes dos assessores financeiros é a de se responsabilizar pelas decisões do investidor.

    Se dois investidores fizerem a mesma operação mal sucedida, mas um deles com a ajuda de assessor financeiro e o outro sem, certamente o investidor que tomou a decisão sozinho, por não ter quem culpar pelo fracasso, sentirá arrependimento maior.

    Ter assessor financeiro funciona como ter “recall psicológica”, pois, se os investimentos forem bem, o investidor pode ficar com os créditos, mas se o investimento for mal, o investidor pode proteger seu ego e diminuir seu arrependimento colocando a culpa no assessor.

    Nesse fenômeno psicológico, conhecido como o viés da auto-atribuição, a pessoa atribui às suas competências os sucessos, e os fracassos ou às outras pessoas ou à má sorte.

    Disse tudo isso para responder que não me sinto confortável em assumir esse papel de “bode expiatório”… Não darei mais conselhos e/ou consultoria financeira.

    att.

  14. Olá Fernando,

    Tenho R$ 190 mil para investir e estou na dúvida se deixo na poupança, CDB ou outro tipo de investimento. Qual você me indica? Irei utilizar o dinheiro apenas daqui 2 anos. E qual banco paga a melhor taxa?

    Obrigada!

    • Prezada Carolina,
      tentarei alertar a quem me consulta a respeito do fenômeno psicológico, conhecido como o viés da auto-atribuição, quando a pessoa atribui às suas competências os sucessos, e os fracassos ou às outras pessoas ou à má sorte. Não tenho licença para ser consultor de investimentos.
      Mas você poderá deduzir minha resposta lendo meus posts e comentários.
      att.

  15. Prezado Fernando,

    Agora que a Selic está 7,5%, o que seria mais vantajoso aplicar em Renda Fixa ou em um CDB com 92% do CDI ?
    Comparei os ultimos meses e vi que o CDB (92% do CDI) está ultrapassando o Renda Fixa em questão, veja:
    RENDA FIXA CDB(92% do CDI)
    JAN/12 0,848730% 0,814476%
    FEV/12 0,719899% 0,682180%
    MAR/12 0,848705% 0,743636%
    ABR/12 0,715590% 0,643908%
    MAI/12 0,720580% 0,673808%
    JUN/12 0,587280% 0,587420%
    JUL/12 0,618320% 0,621368%

    Notei que o juros que está sendo obtido com a Renda Fixa está diminuindo, e agora ? Se eu migrar do RF para esse CDB não vou ter perdas maiores ?

    Abraços.

    • Prezado Saulo,
      além de comparar os rendimentos esperados líquidos, descontados de IR e taxa de administração, no prazo previsto para seu investimento, considere o custo da transição face ao benefício nominal esperado. O “zero vírgula qualquer coisa” mensal de diferença renderá quanto em termos nominais, ou seja, qual será o valor absoluto do ganho da quantia aplicada? Valerá a pena correr o risco?
      att.

  16. Boa noite
    \Vendi uma casa recentemente e não vou utilizar o dinheiro a curto prazo. Na verdade gostaria que ele me rendesse para ter um dinheiro no futuro.
    Qual o investimento é o mais seguro já que é superior a R$60.000,00 ( limite seguro da poupança) ?

    • Prezado Rudolf,
      “o povo”, inclusive grandes investidores, está hoje aplicando seu dinheiro em depósitos de poupança… Quem sou para ir contra-corrente?! Quando ela está correta, isto é, enquanto superar o índice de inflação…
      Quanto ao FGC, confira se não cabe “diversificação de bancos” e/ou “diversificação de riscos”.
      att.

  17. Boa tarde Fernando. Gostaria que me confirmasse uma informação. Tenho um CDB-DI do Itaú onde eu recebo 82,5% do DI. Neste caso, qual das aplicações é vantagem? Continuar com esse fundo ou transferir para a nova poupança? O valor atualmente é de cerca de R5 55.000 e devo precisar deste dinheiro daqui mais de uns 15 meses. Muito obrigado e parabens pelo site!

    PS: Se tiver alguma planilha que podemos fazer essas simulações e puder disponibilizar pra gente. Muito obrigado!

    • Prezado Ricardo,
      eu não pretendo dar consultoria particular com este blog, entre outras, pela seguinte razão.
      Uma das tarefas mais importantes dos assessores financeiros é a de se responsabilizar pelas decisões do investidor.
      Se dois investidores fizerem a mesma operação mal sucedida, mas um deles com a ajuda de assessor financeiro e o outro sem, certamente o investidor que tomou a decisão sozinho, por não ter quem culpar pelo fracasso, sentirá arrependimento maior.
      Ter assessor financeiro funciona como ter “recall psicológica”, pois, se os investimentos forem bem, o investidor pode ficar com os créditos, mas se o investimento for mal, o investidor pode proteger seu ego e diminuir seu arrependimento colocando a culpa no assessor.
      Nesse fenômeno psicológico, conhecido como o viés da auto-atribuição, a pessoa atribui às suas competências os sucessos, e os fracassos ou às outras pessoas ou à má sorte.
      att.

    • Prezado Ricardo,
      eu não pretendo dar consultoria particular com este blog, entre outras, por causa do viés da auto-atribuição, a pessoa atribui às suas competências os sucessos, e os fracassos ou às outras pessoas ou à má sorte.
      att.

  18. Fernando, boa tarde.
    Tenho R$28.000,00 depositados na poupança, a gerente do banco disse que quando chegar aos R$30.000,00, seria interessante estar fazendo a transferência desse dinheiro para o CDB. Por mês, consigo economizar de R$2.000,00 à 2.500,00, então no próximo mês devo estar alcançando essa meta… Você concorda com ela ou é melhor continuar fazendo os depositos na poupança?
    Obrigado.

  19. Bom Dia !
    Há 2 anos investi em CDB DI e não resgatei. Porém, hoje preciso realizar resgates mensais para quitar algumas dividas.
    O que acredita ser o mais coerente ? Deixar a quantia em CDB e resgatar parcialmente todos os meses, com desconto do IR ? OU resgatar o todo e transferir para a poupança ?
    Obrigado

    • Prezado Eduardo,
      você terá de fazer uma conta: qual é o percentual de CDI do rendimento em que está aplicado? Desconte o menor percentual (15%) do Imposto de Renda, e compare com 70% do CDI pago pela “nova poupança” sem IR.
      att.

  20. Prezado Fernando,
    Na situação hipotética de se ter R$ 114.000,00 na poupança antiga e R$ 10.000,00 na nova poupança, e não querer utilizar este dinheiro por 4 anos, seria melhor deixar na poupança ou migrar para o CDC Direto ou em títulos do Tesouro Nacional?
    Obrigada!

    • Prezada Carla,
      nesse longo prazo, parece-me que o Tesouro Direto com títulos com índice de preço (NTN-B: juros + IPCA) é mais adequado. Mas, por ora, eu não tiraria dinheiro da velha poupança. Só colocaria no TD o dinheiro novo.
      att.

      • Caro Fernando, obrigada pela prontidão na resposta.
        Tenho uma outra dúvida, pesquisei bastante na internet mas ainda não ficou claro se a poupança antiga ou nova já está sofrendo tributação de IR para valores acima de R$ 50.000, você poderia me auxiliar com esta dúvida? Obrigada.

      • Prezado Cássio,
        rende 0,5% ao mês, ou seja, multiplique R$ 2.000,00 por 0,005 e terá o resultado: R$ 10,00.
        Lembre que são juros compostos. Se você não o retirar, no mês seguinte, multiplique R$ 2.010,00 por 0,005.
        Em outras palavras, um trabalhador ganha dinheiro no mercado de trabalho e não no mercado de capitais. Nele é só para tentar conservar o poder aquisitivo contra a taxa de inflação.
        Por exemplo, para ter um rendimento mensal de classe média – R$ 5.000,00 -, ele terá de ter R$ 1.000.000,00 em depósito de poupança, isto é, ser milionário em reais…
        att.

  21. Muito boa iniciativa… Apenas lendo os posts dos amigos e as respostas doFernando, consegui esclarecer todas as minhas dúvidas.
    Parabéns pela iniciativa.

  22. Bom dia
    Fernando tenho uma pergunta a lhe fazer , eu tenho uma conta de fundo renda fixa fic ideal comn 30.000.00 , todo mês fazia pequenos depositos nesta conta , depois pensei que estaria fazendo alguma coisa errada por causa do imposto que pagarei , resolve depositar estes pequenos valores na caderneta de poupança até obter um valor maior para fazer outro investimento . Eu fiz o correto ?
    Obrigada
    Valéria

    • Prezada Valéria,
      depende do tempo em que estava já aplicando no Fundo, se mais de 2 anos, seu IRPF será de 15% sobre o rendimento; e também da taxa de administração: se for menor do que 1%, provavelmente terá rendimento líquido nominal superior ao da poupança.
      att.

      • Bom dia , Fernando
        Eu tenho um fundo de investimento fic ideal RF LP mais três anos , mas a taxa que o banco está me cobrando é de 1,5% muito alta . Ainda não conversei com o gerente de minha conta para tentar cair este valor desta taxa administração , se não conseguir pensei em mudar para outro fundo com a taxa 1,10% , ou fundo de titulos publicos que tem a rendabilidade maior e paga menos taxa seria outra opção .
        Se fosse você Fernando qual seria sua opção ?
        Att
        Valéria

  23. Boa tarde Fernando, estou com uma dúvida, tenho uma poupança no valor de 50.000 parte na antiga e parte na nova, assim como tenho um CDB de 64.000 (remuneração 93%) o qual vencerá agora, então estou na dúvida se deixo o investimento em CDB ou se jogo na poupança. Friso que a princípio não tenho um prazo determinando para resgatar o dinheiro.
    Obrigado

  24. Prezado Fernando, Tenho uma quantia X aplicada na poupança antiga e o mesmo valor aplicado em um CDB (92% CDI, por mais de 2 anos). Preciso retirar a quantia de uma das aplicações. Segundo o cenário atual (Selic – 7,25%), qual a melhor opção de saque?

  25. Estou pensando em investir em imoveis, seria uma alternativa de investimento? No entanto existe a estabilização dos preços dos imoveis e a busca de captação do governo em poupança para subsidiar os créditos imobiliários, seria uma alternativa de investimento sendo que tenho aplicado em CDB com 100% de CDI com mais de 12 meses e tx de 1,5 ..

    • Prezado Aroldo,
      parece-me que enquanto os preços estiverem estabilizados “no pico”, o ganho de capital potencial, isto é, comprar para revender mais caro, será diminuto. O aluguel abaixo de 0,5% am do investimento, p.ex., R$ 600.000 / apto de 60 m2, tem um custo de oportunidade face à nova poupança. E pode se deparar com a elasticidade da demanda: era não é inelástica quanto ao aluguel, pois a renda das pessoas que desejam morar em 60 m2 é mais limitada, e quem recebe R$ 10.000 para comprometer 30% de sua renda em aluguel de 60 m2 aguardará melhor oportunidade. Quando o mercado está “virando”, o comprador e o locador aguardam a queda dos preços e aluguéis.
      att.

  26. eu gostaria de um conselho seu o gerente do meu banco me aconselhou a tirar meu dinheiro da poupança e investi no CDBDI a 6 meses o valor foi de 13 mil. E lendo os post anteriores nao foi uma boa idéia! gostaria muito da sua orientaçao sou novo no mercado de investimento o que vc me aconselharia fazer? muito obrigado e ABÇS!!!

    • Agora tá feito! Depende de qual foi o % de CDI, para saber se será compensador. Se não, pense em trocar de gerente/banco!
      Depois de 6 meses, o IR sobre o rendimento será de 20%. Avalie, na ocasião, se ainda a nova poupança remunera melhor.
      att.

  27. Fernando,
    Recebi uma herança de 800 mil, não vou precisar mexer nesse dinheiro por 1 ano. De príncipio coloquei em poupança e estou pesquisando qual melhor investimento. Fiz uma simulação no itau personnalite e segundo o simulador, conseguia 9,30% de rendimento ao mês numa carteira de investimentos. Será real isso? Será melhor deixar na poupança? O que vc acha de migrar para o Itaú Personnalite?

    Se puder dar uma dica! Agradeço, pois estou meio perdido e não queria perder dinheiro.

    • Prezado Rogutt,
      se depositou na “velha poupança”, deixa quieto!
      Se foi na “nova poupança”, e durante o ano ela superar os índices mensais da inflação,’tá suficiente, porque não vai encontrar retorno maior sem risco.
      Se tiver conhecimento, analise o Tesouro Direto.
      att.

    • Prezado Fábio,
      investa em qualidade de vida! Apenas proteja-se da inflação, a “eutanasia do rentista”, sem stress. Para que correr risco? Para acumular mais $, ficar mais rico?! Isto é coisa de gente pobre… de espírito!
      Use seu tempo de maneira que tenha prazer em conhecer e ajudar outras pessoas. Será pessoalmente muito mais gratificante do que enriquecer e/ou demonstrar status social. É melhor buscar prazer cultural e adquirir conhecimento maior da arte humana de viver e criar!
      É isso que eu tento fazer…
      att.

      • Fernando, não tenho nada a ver com a pergunta, mas fiquei admirado e impressionado com sua lucidez nesta resposta! Que aprendizado de vida, que valor acaba de passar aqui Muito parabéns. Forte abç.

      • Referi a esta daqui. Embora tenha algumas dvidas, essas se apagaram. Segue:

        Prezado Fbio, investa em qualidade de vida! Apenas proteja-se da inflao, a eutanasia do rentista, sem stress. Para que correr risco? Para acumular mais $, ficar mais rico?! Isto coisa de gente pobre de esprito! Use seu tempo de maneira que tenha prazer em conhecer e ajudar outras pessoas. Ser pessoalmente muito mais gratificante do que enriquecer e/ou demonstrar status social. melhor buscar prazer cultural e adquirir conhecimento maior da arte humana de viver e criar! isso que eu tento fazer att.

  28. Fernando, eu pretendo investir durante pelo menos 3 anos.
    Entre 500 e 1000 por mês.
    O que você recomenda? CDB DI ou nova poupança? (ou outro?)

    Grata

  29. Ola Fernando, li todos os posts e gostei muito das suas respostas. Eu tenho uma duvida…quero comecar a guardar um dinheiro para minha filha que agora esta com 2 anos, mas nao sei se a melhor opcao seria abrir uma poupanca em seu nome ou fazer uma previdencia privada. Voce tem pode me dar uma opniao? Muito Obrigada!

    • Prezada Vania,
      sem dúvida, em longo prazo, a melhor opção é a Previdência Privada (PGBL), porque se beneficia de incentivo fiscal, descontando anualmente na DIRPF e em 10 anos diminuindo o IR sobre rendimentos para 10%.
      Sugiro ler a respeito de PGBL em meu blog. Pesquise com a palavra-chave em cima à direita.
      att.

  30. Olá Fernando

    Estava lendo tds as dúvidas e resposta e gostaria de ajuda tbm, tenho um valor de herança e não sei onde investir, pois o mesmo não é alto e não dá para comprar um imovel, então me falaram para investir e com o juros posso pagar um aluguel ate ter um valor acessivel para dar de entrada.
    Sendo que seria necessario algo q rendesse um valo X para retirada sem sofrer no valor investido.
    Gostaria de uma ajuda ou opinião.
    Grata

    • Prezada Bárbara,
      para rendimento pós fixado (70% de CDI), atualmente, para quem não tem conhecimento profundo sobre o mercado financeiro, o mais simples é aplicar na “nova poupança”, onde não pagará imposto de renda sobre o rendimento nem taxa de administração.
      att.

  31. Olá Fernando, apesar de todas as perguntas e respostas em torno da comparacao CDB x poupanca, ainda fiquei indeciso. Você disse que o CDB só é vantajoso em relacao à poupanca se pagar pelo menos 85% do CDI, porém em uma das respostas você recomendou que aplicasse na poupanca, apesar do colega ter obtido 91% do CDI. Poderia me esclarecer?
    E como ficam os Fundos Imobiliários em relacao à poupanca e CDB?
    Grato JRM

    • Prezado João Mariano,
      minha proposta no blog não é dar consultoria, porque isso seria atividade profissional. Porém, em vez em quando percebo que algumas palavrinhas ajudam muito ao próximo e não me custam muito… e acabo aconselhando, mesmo não sendo meu propósito.
      Por exemplo, FII tem vantagem de maior rendimento, porém possui menor liquidez. É mais complexa a compra e a venda da cota. Aí depende do grau de conhecimento do investidor…
      att.

  32. Olá Fernando. Faço parte de uma comissão de formatura. Hoje temos cerca de 25 mil aplicados na poupança antiga e 10 mil na nova poupança. Como nossa formatura só é em 2015, estamos pensando em deixar o dinheiro aplicado sem nenhuma movimentação por cerca de um ano ou mais. Você acha que vale a pena investir em CDB ou RDB? Como sei qual será a taxa de rendimento mensal desses investimentos? Muito Obrigado

    • Prezado Gabriel,
      se vocês trocarem por CDB/RDB, terão de entrar em nova “curva de IR” (22,5%-20%-17,5%-15%).
      Consulte diversos gerentes dos bancos, pois cada qual tem uma tabela. Como o valor não é muito grande, provavelmente, pagarão baixo % do CDI (+/- 7,25% aa).
      att.

  33. Na busca de informação sobre educação financeira, achei o seu excelente blog.
    Parabéns e sucesso !
    Aproveitando a oportunidade sobre o tema cdb x poupança gostaria de fazer uma pergunta:
    Tenho 13 mil em um cdb (100% de cdi), que vence agora dia 20/11,pretendo fazer o resgate colocar na poupança,onde já tenho 75 mil (poup.velha). Segundo o gerente do banco, o cdb (mas agora com 88% do cdi), durante 2 anos terá melhor remuneração. Se optar pela poupança vou estar tomando a decisão errada?

    • Prezada Lucia,
      agradeço o elogio.
      Acho que para esse valor (R$ 13.000) perder a liquidez durante 2 anos para o IR sobre o rendimento (nominalmente baixo) baixar para 15%, no caso do CDB, não compensa em termos de custo/benefício, não?
      att.

  34. Fernando, boa noite!!!!
    primeira vez que entro no seu site e desde agradeço ajuda a cada de nós !!!!!

    tenho a seguintes perguntas:
    comecei a fazer o um deposito do meu pagamento integral de R$1.000,00 por mês + 13. salario + ferias, até outubro de 2013 escolhi a poupança quero saber se este é um bom investimento, caso nao for,favor me indicar outros
    após isso estaria fazenfdo um deposito mensal de 600,00, favor me indicar outras opções para esse deposito mensal !!!!

    desde já muito obrigado, irei entrar mais aqui para adquirir conhecimento

  35. Fernando, muito boa noite!
    Para a aplicação em CDB ser mais vantajosa que a atual poupança, quanto de percentual do CDI o banco tem que me oferecer ???
    Tenho R$60.000,00 e o gerente me ofereceu um cdb com 95% do CDI com liquidez diária. Esta me dará maior rendimento que a atual poupança?

    • Prezado Breno,
      leia o comentário abaixo da última tabela do post: “Considerando uma aplicação em CDB, o investidor teria que obter uma taxa de juros, no mínimo, de cerca de 85% do CDI para atingir o mesmo ganho obtido pela poupança nova, já que as aplicações em CDB pagam IR de acordo com o prazo de resgate da aplicação. Dada essa isenção fiscal, e somando-se sua simplicidade, para pequenas somas as diferenças mínimas nominais não justificam investir em outras aplicações financeiras. Deposite em poupança, enquanto os juros reais estiverem baixo, ou corra risco para aumentar o retorno”…
      att.

  36. Caro Fernando,
    Quero investir 300 mil reais e receber uma renda mensal, da qual dependerei para sobreviver por média de 40 anos. Não tocarei nesse dinheiro. Qual seria minha melhor opção? Poupança (isenta de IR)? Ou tesouro direto? Se eu deixasse esse dinheiro lá por 2 anos e tirasse o rendimento e colocasse na poupança para um rendimento mensal por 2 anos e reaplicasse os 300 mil no TD, assim sucessivamente pro resto da vida, compensaria mais ou deveria aplicar tudo na poupança? Acho que na poupança isso renderia uns 1.500 por mes? Quanto daria 300 mil no TD, por mes? Muito grato,
    Luigi

    • Prezada Luigi,
      em outras respostas, já disse que este não é um blog de consultoria.
      Em longo prazo, com quantia de “investidor qualificado”, além do TD, vale se informar a respeito de operações estruturadas (“engenharias financeiras”) que os bancos com atendimento personalizado (Personnalité, Prime, Stilo, Van Gogh, etc) estão oferecendo para proteger seu dinheiro da inflação. Mas lembra-se que uma regra básica das Finanças é: para aumentar o retorno tem de correr mais risco.
      Quanto aos cálculos, pegue uma HP-12C, vá na aba do blog “Posts com Dicas e Serviços” e lá tem o link para o post “Como Usar Calculadora Financeira”.
      att.

  37. Caro Fernando,

    Possuo um investimento de longo prazo que rende 103% do DI caso seja retirado o valor somente após 5 anos. Gostaria de saber qual o rendimento disso comparado a velha e a nova poupança. Teria valido mais a pena mover o investimento para a velha poupança enquanto ainda podia? Vale a pena agora mover para a nova poupança? Qual são as diferenças?

    Segue tabela de alíquotas:
    IR: de acordo com a Lei 11.033 de 21/12/2004. Rendimentos produzidos a partir de 01/01/2005, as alíquotas de IR ficam atreladas ao tempo da operação:
    Prazo de até 180 dias – alíquota de 22,5%;
    Prazo de 181 a 360 dias – alíquota de 20%;
    Prazo de 361 a 720 dias – alíquota de 17,5%;
    Prazo superior a 720 dias – alíquota de 15%.

    Obrigado!

    • Prezado Jonas,
      pelo que entendi, o prazo já está correndo e você não tem necessidade de resgatá-lo. A taxa de 103% do DI é boa, porque em tese supera a taxa de inflação. O banco é “grande demais para quebrar”?
      Em novas aplicações, a preferência por segurança, para evitar a “eutanasia do rentista”, i.é, a inflação corroer as reservas, está levando a se optar por Tesouro Direto ou Fundos com NTN-B (IPCA + JURO).
      att.

  38. Prezado Fernando o gerente da minha conta sem eu saber aplicou td o meu salário em cdb e colocou resgate automático de lá para eu fazer minhas retiradas, disse q assim era interessante, pois o cdb rende diário. Isso tem fundamento? Coloco em torno de R$ 1000,00 mensal na poupança e ele me falou q era melhor aplicar em cdb.

    • Prezada Auri,
      este arbítrio do gerente pode ser reclamado junto ao SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) do banco ou do Banco Central do Brasil (BCB). Exija do gerente o resgate sem pagamento de IR (22,5% sobre o rendimento) até 6 meses.
      Na verdade, é uma esperteza que alguns bancos adotam, denominando-a de “conta automática”. Para não deixar o dinheiro em depósito à vista, em que há percentual maior de recolhimento compulsório ao BCB, eles arbitrariamente os registram contabilmente como depósitos a prazo (CDB) e dizem para o cliente que ele ganhará “algum jurinho”…
      Para esse valor é melhor deixar em depósito de poupança.
      att.

  39. Prezado Fernando, possuo um CDB onde eu fiz uma aplicação de R$ 40,000,00 em Dezembro de 2011, pela tabela de IR eu vou pagar apartir do mês que vem uma alíquota de 17,5%, o Banco me paga 86% do DI, você acha que eu deva deixar este dinheiro aplicado no CDB ou transferir para a poupança? Muito grato pela atenção.

  40. Boa tarde

    Gostaria de informações sobre investimentos em CDB e Tesouro Direto, pretendo investir R$ 5.000,00 e como sou leiga neste assunto, conto com suas indicações de como investir.

  41. Bom dia,
    Estou com uma dúvida que não mim sai da cabeça, gostaria de saber quanto terei de lucro investindo R$ 500,00 na cardeneta de poupança no periodo de 10 anos?
    O investimento é de R$ 500,00 reais uma única vez nesse período de 10 anos. Qual será o lucro.

    • Prezado Claudiano,
      você não terá “lucro”. Lucro é o ganho de capital que ocorre quando você vende algo por maior valor real do que comprou.
      Em depósito de poupança você apenas busca manter o poder aquisitivo real do dinheiro aplicado, caso o rendimento supere a taxa de inflação.
      att.

  42. Boa tarde, Fernando!
    Inicialmente gostaria de parabenizá-lo pelo auxílio que presta aos que escrevem aqui.
    Em segundo lugar, gostaria de fazer uma aplicação e queria saber sua opinião. Tenho R$10.000,00 iniciais e posso depositar até R$1.500,00 por mês. Em 2 ou 3 anos precisarei desse dinheiro. O que o sr acha que é mais rentável? Poupança ou CDB? No caso do CDB, a quantos % do CDI ele é mais vantajoso que a poupança?
    Obrigada pela atenção.
    Marina

    • Prezada Marina,
      grato pelo comentário. Todas as perguntas já estão respondidas no post: considerando liquidez-segurança-rendimento baixo, enquanto a taxa de inflação não superar a taxa de juros (70% do CDI), é mais cômodo depositar em poupança.
      att.

  43. Boa tarde,
    Quero comecar a investir R$ 1.500,00 ao mês durante 60 meses sem mecher no dinheiro , qual seria um melhor investimento?

    • Prezado Ricardo,
      sem dúvida, o melhor investimento é investir em educação continuada!
      Alguns chamam-na de “acumulação de capital humano”, isto é, a capacidade pessoal de ganho.
      Mexe apenas em uma parte do seu dinheiro e o resultado propiciará você ganhar mais do que em investimento financeiro.
      att.

      • Prezado Fernando, admirável vc dispor do seu precioso tempo para prestar estas informações.

        Quando o amigo pesguntou acima se LCI com 85% do CDI superava a poupança velha, vc responde que “empata, porque LCI tem isenção fiscal como os depósitos da poupança e 85% de 7,25% aa é igual a 6,16% que é o rendimento da poupança + TR, que está igual a zero.”

        E é exatamente esta a proposta que recebi para uma aplicação de 40 mil por 1 ano e 5 meses. Só que a gerente me disse que eu recebia 0,4852 % am, e ela fez o cálculo sobre o CDI de 7,04%.

        Vc pode me esclarecer melhor esta informação, porque o resultado das contas ficaram diferentes? E é uma diferente grande (6,16 e 0,4852% am).

      • Prezado Sirius,
        fiz a conta igualando Selic à CDI, o que não é exatamente preciso (7,25% X 7,04%), mas é o que eu tinha à mão…
        Capitalizando, anualmente, os juros compostos de 0,5% ao mês dá 6,17% ao ano.
        att.

  44. Ensinamento de gente rica … de espírito!:

    “investa em qualidade de vida! Apenas proteja-se da inflação, a “eutanasia do rentista”, sem stress. Para que correr risco? Para acumular mais $, ficar mais rico?! Isto é coisa de gente pobre… de espírito!
    Use seu tempo de maneira que tenha prazer em conhecer e ajudar outras pessoas. Será pessoalmente muito mais gratificante do que enriquecer e/ou demonstrar status social. É melhor buscar prazer cultural e adquirir conhecimento maior da arte humana de viver e criar!
    É isso que eu tento fazer…”

    Felicidades para vc, Fernando.

    Clélia

    • Prezada Clélia,
      obrigado pela leitura e registro do meu pensamento.
      Quanto mais leio, estudo e pesquiso, inclusive sobre concentração de riqueza, mas eu me convenço a respeito.
      Por isso, no próximo semestre letivo, quero contribuir para formar cidadãos (mais do que economistas) com bagagem cultural através de debates sobre filmes representativos das grandes eras da evolução humana, destacando o conhecimento econômico adquirido ao longo do tempo.
      Felicidades.

  45. Olá Fernando,
    Li todos os posts (que muito contribuíram para meu precário conhecimento financeiro) e somente um falou sobre pessoa jurídica… Possuo uma pessoa jurídica não imune (aprendi agora) e, leigamente, tudo que entrava na conta corrente eu logo transferia para a poupança, com resgate automático. Movimento-a muito, pois é utilizada para receber e efetuar pagamentos, mas os valores em geral são pequenos, raramente excedendo R$ 5.000,00. Está adiantando algo essas transferências para a poupança ou somente vai servir para eu levar um susto com o imposto de renda?

    Grata,
    Alexandra

    • Prezada Alexandra,
      os rendimentos dos depósitos de poupança tem isenção de imposto de renda. Mas se fosse movimenta todo o saldo em menos de um mês não haverá rendimento. Sobre pequenas quantias não tem vantagem se não for conta vinculada automática.
      att.

      • Mas sobre poupança de pessoa jurídica não incide imposto?

        Outra questão (agora sobre pessoa física): vale a pena, no caso de conta automática, fazer pequenas transferências ao longo do mês ou é melhor deixar acumular na conta corrente, fazer todos os pagamentos do mês e pegar o saldo restante e transferir numa única data para a poupança, a ser repetida no mês seguinte. Li e reli os posts mas continuo em dúvida.

        Perdoe a ignorância. Me enquadro no trabalhador que só conseguirá enriquecer com o trabalho…

      • Desculpe-me a ignorância sobre PJ: não sei.
        Com inflação baixa e juro baixo, o “custo do transporte” (ou conversão de depósito à vista em depósito de poupança) pode ser maior do que o “custo de oportunidade”: ambos não são tão altos que não permitam nenhum atraso…
        att.

  46. Bom Dia Fernando,
    Tenho 400.000,00 reais e nunca gostei de poupança por geralmente não impatar nem a inflação. Estou procurando algum tipo de investimento que dê 1% líquido e permita resgates mensais. Existe algum fundo renda-fixa bem diversificado que permita isso ?

    Pois preciso desta renda mensal para cobrir as despesas do Mês.

    Obrigado.

  47. Olá Fernando,
    Antes e tudo, obrigado pelo site.
    Tenho um CDB (97% do cdi, sem tx adm, nem multas por saida antecipada) do Itau desde 2008, com prazo até 2018. Julgava ótimo devido ao “juros sobre ir” por 10 anos… Porém atualmente no cenário de juros baixos, entendo que titulos atrelados a inflação, fii, ou mesmo ações, são melhor do que o CDI, o racional seria baixar este CDB e redistribuir em função de risco X retorno (sem transferir a responsabilidade pela escolha rsrsr!!!).
    A dúvida é sobre a marcação a mercado. Se baixo esse CDB agora, estarei perdendo “valor de face” que seria preservado caso mantenha esta aplicação até o vcto? Ouvi muito que esta virada “pré versus pos” desvalorizaria os CDBs, mas não sei se quando olho minha aplicação estou vendo apenas “valor sólido + baixo rendimento” ou “valor comprimido pela marcação a mercado, que faz parecer mais baixo ainda o rendimento, mas que retornaria ao valor + rendimentos ao final do prazo máximo da aplicação (2018)”.
    Reiterando, pois não sei se estou sendo bem claro: aplicação em cdb, deste tipo, está apresentando perda devido à marcação a mercado, caso sacada antes do vcto? Ou é o mesmíssimo principal que apliquei lá atrás, mais todos os juros até o momento, simplesmente (ou seja, seria neutro sacar antecipadamente)?
    Abs e obrigado.

    • Prezado Marcelo,
      como o CDB é pós-fixado (97% do CDI) não há “marcação a mercado”. Na verdade, a própria queda da taxa de juros representa o MtM.
      Você tem de analisar seu portfólio completo, se está diversificado. Essa aplicação “defensiva”, onde se privilegia segurança, representa apenas uma parcela dele?
      Outro ponto é observar o valor nominal: em uma aplicação alternativa, quanto de “valor absoluto” ganharia a mais? Compensa perder essa boa taxa (97% CDI com baixa incidência de IR)?
      att.

  48. Boa Noite!
    Para trocar de carro, preciso de R$28.000,00.
    Melhor resgatar essa quantia de aplicação em fundo Prime FIC DI Special ou da poupança antiga?

  49. Olá, boa noite!!
    quero juntar 100 mil reais para dar entrada em um imóvel… e posso investir 3 mil reais por mês.
    Qual a melhor opção?
    Poupança ou Título de Capitalização?
    Obs: Tenho receio de gastar o dinheiro.. por isso pensei no título de cap.
    Obrigado!!!

    • Prezado Carlos,
      considero título de capitalização a pior aplicação financeira. Combine com seu gerente um “débito automático mensal”, em sua conta corrente, transferindo R$ 3.000 /mês para depósitos de poupança. Faça em uma planilha seu Orçamento Pessoal com o dinheiro que sobrará, que você se adaptará ao disponível.
      att.

    • Prezado Xará,
      um ótimo investimento é em Capital Intelectual, que significa a capacidade pessoal de ganho. Investir em Educação Continuada, isto é, sempre continuar estudando, lhe dará habilidades que o permitirão ganhar muito mais, seja no mercado de trabalho, seja no mercado de capitais. Cultura a gente adquire e carrega até o caixão. Ninguém nos tira.
      att.

  50. BOA TARDE FERNANDO,

    GANHEI R$ 500MIL, E O MEU DESEJO ERA VIVER DOS RENDIMENTOS DESSE DINHEIRO.
    QUAL O MELHOR INVESTIMENTO PARA EU TER UMA RENDA MENSAL DE NO MÍNIMO R$ 5000,00

    • Prezado Robson,
      para viver até a morte com R$ 500 mil você terá de estimar sua esperança de vida. Feito isso, pegue uma HP12C (calculadora financeira), coloque os números (n = meses até morrer; PV = 500000; PMT = rendimento esperado mensalmente), aperte i = juros que necessitará receber. Depois, consulte o gerente pessoal de sua conta para ver se ele tem algum produto financeiro que ofereça isso.
      att.

  51. Boa noite.
    Ganharei de herança a quantia de aproximadamente 100.000,00. Gostaria de retirar mensalmente a quantia que rendeu. Qual o melhor investimento no meu caso?
    Desde já agradeço.

    • Prezado Nilton,
      se você retirar mensalmente a quantia que render, esse montante não se capitalizará com juros compostos e, gradualmente, o poder aquisitivo dele evaporará, pois não acompanhará a taxa de inflação mensal,
      att.

    • Prezado André,
      até R$ 70.000 é garantido pelo FGC no caso de quebra do banco. Logicamente, deve-se aplicar somente em “bancos grandes demais para quebrar” o valor que quiser. Há investidores que aplicam milhões em depósitos de poupança.
      att.

  52. Ola Fernando,

    Somente gostaria de parabeniza-lo pelo blog.
    Muito bom da tua parte compartilhar teu conhecimento com o resto do povao aqui!
    Parabens!

  53. Olá Fernando, tudo bem?

    Gostei bastante das explicações do seu blog, são excelentes, mas eu estou com dúvidas…
    Eu tinha R$16.900,00 em uma poupança no Santander, pela qual eu pensei muitooo antes de retirar o dinheiro, pois era a poupança antiga, de 0,5% que me dava uma rentabilidade líquida de R$80,00, aproximadamente.Me arrependo, mas em busca de rentabilidades maiores eu retirei e apliquei em um fundo de investimento risco médio, com taxa de adm. de 1,10% ao ano. Aderi ao fundo na semana passada e apliquei estes R$16.900 e mais um dinheiro que eu tinha em conta corrente, um total de R$30.000,00 e a liquidez é diária.
    Assim, hoje conferindo o consolidado estou com R$ 30.039,00 bruto e R$30.007,00 líquido.Eu não consigo entender.Se a rentabilidade é igual ou superior a da poupança, num mês não vai dar nem R$100,00 de lucro líquido, enquanto que R$30.000,00 na poupança daria uns R$120.00 ao mês.
    Qual é a diferença então? Como funciona este esquema de “falsa rentabilidade” uma vez que o IR come tudo e me deixa com apenas R$ 7,00 de lucro?

    Peço que me esclareça, pois eu estou perdido e pensando em deixar logo esse dinheiro numa conta corrente.

    • Prezado Silva,
      o ponto fundamental é este que você observou: imposto de renda sobre as aplicações com baixa taxa de juros “confisca” o já baixo rendimento nominal, de 6 em 6 meses, nas alíquotas: 22,% – 20% – 17,5% – 15%.
      Portanto, nesse contexto, é fundamental adotar a “estratégia dos milionários norte-americanos”: fugir de aplicações com IR. Para isso, eles se arriscam em ações. Aqui, no Brasil, as alternativas são aplicações com incentivos fiscais: depósitos de poupança, LCI, FII.
      Deixar as reservas em conta corrente não só não as protege de inflação, prevista para algo em torno de 5,5% aa, como induz a usá-las em gasto corrente.
      Eu tenho sugerido que investi-las em “educação continuada”, cursos de extensão à noite, p.ex., é boa acumulação de “capital intelectual”. Esta “forma de riqueza pessoal e intransferível” dota seu possuidor de capacidade individual de ganho com suas habilidades e conhecimentos no mercado de trabalho, que é onde, de fato, os trabalhadores podem ganhar dinheiro.
      att.

      • Muito obrigado pelas dicas Fernando Nogueira.
        Estou indignado, mesmo porque agora a taxa da poupança é menor ainda…me arrependo de ter tirado o dinheiro, pois com a rentabilidade antiga eu possuía um lucro mais alto.
        O CDB poderia ser uma alternativa de alcance à taxa de rentabilidade da antiga poupança?

        Abraço.

      • Prezado Yuri,
        não creio no CDB como alternativa, pois % de CDI quando esse indexador está se afastando da SELIC, que está baixa… Acho melhor a nova poupança, LCI e FII. Ou algum trabalho extra, onde se ganha muito mais.
        att.

  54. Fernando, vendi um imovel e quero comprar outro a curto ou medio prazo, na verdade a ideia é procurar com calma, para nao guardar valor em casa pensei em aplicar. O valor referido seria de R$100.000 a duvida onde e se tem algum livre de IR?

  55. Obrigado.Concordo plenamente e acredito ser insignificante essa “rentabilidade”.
    Enquanto isso, irei deixando na nova poupança mesmo.
    Cordialmente.

    • Prezado Giulliano,
      resgatar mensalmente o rendimento, p.ex., os 0,5% da “poupança velha”, significa que o investimento deixará de ser capitalizado com base em juros compostos. Ficará estável no valor nominal – R$ 600 mil -, mas perderá valor real, i.é, poder aquisitivo, devido à inflação. Depois de certo tempo, em razão do aumento de preços, você não poderá comprar os mesmos bens e serviços.
      att.

      • Fernando, boa tarde, agradeço sua resposta. Possuo aproximadamente o valor de R$ 950.000,00 que estou na dúvida entre usar para comprar um imóvel próximo ao local de trabalho com ótima qualidade de vida ou investir da seguinte maneira: Comprar duas kitinetes para locação totalizando R$ 350.000,00, com retorno total de aluguel de R$ 1.800,00. Investir R$ 100.000,00 em CDB ou letras do tesouro (com previsão de saque em 2 anos). 5000.000,00 em CDI para resgate mensais e pagamento de aluguel de apartamento também próximo ao local de trabalho que me custaria mensalmente R$ 3.800,00. O que você acha? Alguma sugestão?

      • Prezado Giulliano,
        repito algo que já escrevi aqui: não dou aconselhamento financeiro particular, apenas compartilho ideias gerais que sirvam à reflexão de diversas pessoas.
        Há duas orientações para isso:
        1. o conselho de Galbraith: “nunca dê conselhos de graça, pois se der certo, não se lembrarão de você, se der errado, somente se lembrarão de você”.
        2. heurística das Finanças Comportamentais: as pessoas necessitam de especialistas que se tornam “bodes-expiatórios” para culpar por eventuais fracassos nas próprias decisões de finanças.
        att.

  56. Tradicionalmente CDB sempre foi investimento para grandes quantias , agora já temos Bancos Brasileiros que oferecem CDB´s para quantias a partir de R$ 200,00 como é o caso do http://www.cdbdireto.com.br , chama a atenção a rentabilidade dos CDB oferecidos , 53% a mais do que a nova poupança e contando ainda com a possibilidade de resgate antes do prazo .

  57. Eu tinha 7 mil na minha conta corrente e automaticamente o BB a transferiu para CDB DI.sem me consultar se queria.Queria saber se isso é vantajoso para mim e como posso resgatá-la?Obrigada!

    • Prezada Antonia,
      os bancos fazem isso, arbitrariamente, para burlar o recolhimento compulsório de percentual dos depósitos a vista no Banco Central. O cliente pode reclamar no SAC do banco ou do BCB, ou mesmo junto ao seu cliente. Geralmente, não o faz porque a alegação é que, “entre receber nada ou receber pouca coisa, o melhor é esta última opção”. O ganho de rendimento é insignificante, mas o CDB DI deve estar vinculado automaticamente à conta corrente para não ter perda de liquidez.
      att.

  58. Olá Fernando, ainda não entendi se de fato haverá imposto para poupadores com valores acima de 50mil na poupança ou não. Poderia me esclarecer? Obrigado.

  59. Oi tenho 23 mil na poupança antiga e 35 mil na nova poupança totalizando 58 mil no banco do Brasil, como poupança acima de 50 mil paga IR e voçê falou que devemos evitar mecher na poupança antiga enquando selic abaixo de 8,5% aa, eu queiria saber onde melhor investir os 35 mil da poupança nova?
    Abraço!
    Marcelo

  60. Boa tarde Fernando Nogueira,
    tenho 10 mil na caixa econômica, como faço pra saber quanto esta rendendo o dinheiro e se é da poupança nova ou antiga?

    Desde já agradeço!

  61. FERNANDO , quero deixar uma sugestao:
    A Caixa Econômica tem uma aplicação chamada LCI – LETRA DE CRÉDITO IMOBILIARIO, sem IR para pessoa física. ApliCAÇÃO MINIMA DE 30 MIL E PRAZO 720 DIAS . mas carencia de 60 dias apenas.. Paga 84% do cdi para valores até 150 mil e apos a taxa sobe . o que acha?

    • Foi uma boa aplicação quando o juro real era alto. Agora, % de CDI está descolado da SELIC de 7,25% aa… Talvez dê para cobrir a taxa de inflação futura, mas nem isto é garantido. Pelo menos não recolhe IR.
      att.

    • Como sempre , os Grandes Bancos pagam muito pouco para os investidores ( eles possuem muitos custos a serem pagos ) , ter uma taxa de 84% do CDI sem o pagamento de imposto de renda, corresponde a uma taxa do CDB com imposto de :
      101,8% do CDI se a aplicação feita para ser resgatada entre 12 meses e 24 meses
      98,82% do CDI se a aplicação for feita para resgatada com prazo acima de 24 meses
      108% do CDi se a aplicação for feita para ser resgatada antes de 6 meses
      105% do CDI se a aplicação for feita para ser resgatada entre 6 e 12 meses

      Assim LCI a 84% do CDI só é indicada para aquele investidor que pretende usar o dinheiro logo , se não o melhor são os CDB´s dos pequenos bancos ( CDB Direto, Sofisa Direto ) .

  62. vqueria depositar 400 mil no cdb ou poupança? qual melhor investir e quanto da por mes de juros..em cada uma???

  63. Prof Fernando, parabéns pelo blog e pela capacidade de contribuir com as pessoas. Li todas as postagens. Apliquei tudo que havia economizado em alguns anos no CDB do itaú em 2011, era só 15 mil, o gerente insistiu, agora percebo que errei. Apliquei novamente 6 mil em outro CDB compromissada DI em janeiro deste ano, como sou leigo errei novamente, acredito que o gerente percebeu minha ignorância no assunto e deve ter feito com as piores taxas de cdi. Pelos comentário acima, agora não adianta mais não é? É melhor deixar do jeito que tá ou voltar com o dinheiro para poupança? Qual a diferença entre tirar agora ou esperar 3 ou 5 anos? Disseram que em 5 anos o dinheiro volta pra conta corrente. Muito obrigado.

    • Prezado Diego,
      o problema de “tentativas-e-erros”, que é o método prático de aprendizagem de microeconomia, é seu custo fiscal. Se você ficar transitando entre aplicações que incidem IR, quanto mais curto for o prazo de suas aplicações, maior alíquota incidirá, tipo 6 meses – 22,5% sobre o rendimento, 12 meses-20%, etc.
      Você tem de mirar sempre o acompanhamento da tendência da taxa de juros: se o viés é de queda, de estabilidade ou de alta. De acordo com sua expectativa, siga a tendência aplicando, respectivamente, em prefixado, indexado, pós-fixado.
      Só quando os títulos são “marcados a mercado”, isto é, variam todos os dias de acordo com a volatilidade do mercado, que levar até o vencimento possibilita a recuperação da taxa prefixada.
      Como agora há certa incerteza em relação à taxa de inflação, deixar quieto em pós-fixado (% CDI) pode ser mais cauteloso. Mas sempre observe o custo de oportunidade, i.é, alternativa de ganho superior.
      att.

    • Olá Diego , hoje há opções de investimento em CDB disponiveis na Internet ( CDB Direto , Sofisa Direto ) cujas taxas são superiores as praticadas pelps grandes bancos , no CDB direto você encontrará taxas da ordem de 106% do CDI para aplicações de 1 ano .
      Sempre é bom lembrar que todos os investimentos em CDB até o valor de R$ 70 mil por CPF contam com a garantida contra quebra do banco do Fundo Garantidor de Créditos .
      Abraços

      Valmir

  64. Boa Tarde.
    Gostaria de saber tenho 20 mil devo deixar na poupança ou aplicar em cdb quanto ao prazo deve ser em torno de um 6 meses

    • Prezado Gustavo,
      se o prazo for de apenas 6 meses o rendimento de aplicação em depósito a prazo (CDB) será tributado em 22,5%, enquanto em depósito de poupança há isenção fiscal. Então, faça a comparação entre rendimentos líquidos, isto é, descontados os impostos.
      att.

      • Muito obrigado Fernando irei indicar esse blog para os meu amigos abração!!

    • Para te dar essa consultoria, qual seria o meu ganho? Se tiver sucesso, provavelmente, esquecerá de quem te aconselhou. Se fracassar, certamente, lembrará de mim…
      Assim, para ser “bode expiatório”, só remunerado!
      att.

  65. Ótimo post, eu gostaria de saber se vale a pena aplicar em um CDB pelo prazo de 3 anos a taxa de 110% do CDI ? O ganho esperado é de 0,62% a.m. Tudo parece ser ótimo, mas o banco é On-line e não informam a taxa de administração (maior que 1% pode não compensar) Fico inseguro porquê é um site online. Grato.

    • Prezado Jurgen,
      acho que você tem mesmo razão para desconfiar…
      Acho que o rendimento nominal é tão baixo que não vale a pena arriscar o dinheiro que custa ganhar. É melhor manter a aversão ao risco em renda fixa, ou seja, aplicar só em “banco grande demais para quebrar” sob fiscalização do Banco Central e proteção do FGC.
      Se quiser arriscar mais, para tentar maior retorno, é melhor aplicar em ações.
      att.

  66. Prezado Fernando,
    Parabéns pelo post, iria fazer um CDB, mas percebi que não era vantajoso pelo valor que eu tenho de 36 mil na poupança antiga, porém na nova tenho 6 mil e não vi o senhor falar algo sobre investimento em Tesouro Direto, não é mais vantagem o investimento no Tesouro Direto do que na poupança nova? Grata

    • Prezada Natalia,
      se a pessoa souber operar no Tesouro Direto e não necessitar de liquidez imediata, ou seja, poder resgatar em dia predeterminado (quarta-feira), poderá encontrar boas oportunidades de compra de títulos de dívida pública. Mas deve se lembrar que há “marcação a mercado” deles. Portanto, até NTN-B, que paga IPCA mais juros, poderá se tornar “renda variável”, como ocorreu no primeiro trimestre desse ano.
      Diante disso, eu manteria os 36 mil na poupança antiga e, face ao custo/benefício, os 6 mil na nova.
      att.

  67. Prezado Fernando,
    Muito obrigada por suas informações e sua paciência, seu site foi de grande valia.
    Att

  68. Boa tarde, comprei um apto p/ alugar e tive um prejuizo enorme pelas despezas que tive durante os longos periodos em que o apto ficou desalugado e a demora entre uma locaçao e outra, agora decidi vender e quero fazer uma aplicaçao de R$100mil . Como sou muito inexperiente peço uma orientaçao, quero uma aplicaçao que possa haver o maior rendimento, num periodo de 12 meses por favor me informe também o valor mensal do rendimento. Desde ja agradeço Marcia Mesquita

  69. Olá, Fernado, vc poderia responde essa perguntas pra mim.

    a) Quais as modalidades de aplicações financeiras mais procuradas pelos clientes?
    b) Quais as modalidades de aplicações financeiras mais oferecidas pelos bancos? O que torna essas modalidades tão atraentes aos olhos dos analistas financeiros?
    c) Por que as aplicações em fundos de ações são tão procuradas atualmente?
    d) Na sua visão, que aplicação financeira oferecida hoje tem o maior grau de risco ou incerteza?

  70. Entendi, mas não da para responde essas duas perguntas? Estou fazendo uma pesquisa e preciso entrevista, pessoas que entendam de aplicações.
    c) Por que as aplicações em fundos de ações são tão procuradas atualmente?
    d) Na sua visão, que aplicação financeira oferecida hoje tem o maior grau de risco ou incerteza?
    Att,

    Rafaela

  71. gostaria de inverti 15000,00. Em qual fundo terei mais lucro em um ano? E de quanto seria esse lucro. obrigado.

  72. Olá, boa tarde.
    Fernando, parabéns pelo post.
    Tenho 147,000,00 R$ e gostaria de saber se fazer uma aplicação a longo prazo de 60 mêses, sem liquidez.
    Seria melhor qual aplicação ?

    • Prezado William,
      qualquer decisão de investimento tem de levar em conta o perfil psicológico do investidor, i.é, sua aversão à perda (inclusive de liquidez durante 5 anos), seu medo de arrependimento, seus instintos emocionais, etc. Feita esta reflexão, devagar e profundamente, analise seus objetivos durante os próximos 60 meses, p.ex., irá se aposentar ao final deste prazo? Este dinheiro será uma reserva para aposentadoria ou para adquirir um imóvel? Certamente, não deve ser para ser consumido comprando bem de consumo não durável, ou fazendo alguma viagem, porque seria apenas um prazer fugaz. Ou não?
      att.

  73. Olá, boa tarde.
    Parabéns pelo post.
    Apliquei 90.003,60 num fundo conservador que, segundo o banco, me remunera 92,5% do DI e não cobra taxa de administração. Expliquei para a gerente que queria investir num fundo que remunerasse mais do que a poupança (isso, já descontado o IR do fundo que é de 22,5%, mas com o tempo passa a ser de 15% se não me engano). Ainda em relação ao fundo, notei que, em um dia o saldo líquido foi de R$90.046,43 (já descontado do ganho do saldo bruto que foi de R$90.058,86). O resto, R$31.924,66, deixei na poupança. Notei antes que, pela poupança, num mês com o valor de pouco mais 120,000, ela tinha rendido pouco mais de R$500,00. Fico pensando se fiz um bom negócio, ou se deveria ter deixado tudo na poupança mesmo. Claro, não pretendo mexer na aplicação, que, se não me engano tem que deixar por três anos, para só então poder movimentá-la. Por isso, por precaução, deixei um montante menor na poupança. Será que o investimento renderá mais do que se tivesse deixado na poupança? Além disso, gostaria de saber: já que terei de deixar por um tempo sem mexer nesta aplicação, ganhando R$1000,00 por mês, seria melhor investir na poupança, ou compensa investir (ainda que uma pequena parte) no fundo?
    Pelo menos, no banco, me explicaram que os ganhos da caderneta de poupança seriam menores em comparação a este fundo (Compromissada DI), que inclusive não consta na lista dos fundos do banco para os clientes; ou seja, só eles têm acesso. Consigo ver apenas a quantia aplicada e quanto ela rendeu.
    *Obs: Considero aqui que não penso por exemplo em viajar, comprar imóvel, ou mesmo um carro, pois moro com meus pais.

  74. ola gostei do seu poste mas preciso de ajuda, pois ja perdia na bolsa + ou – uns 200 mil na crise de 2008 e nao quero mais arriscar hoje tenho desde entao 400 mil em poupança , mas com esta greve dos bancos estou inseguro meu piscologico nao aguenta outra perda entou pensando em converter este 400 mil em ouro seria um bom investimento a longo prazo levando em conta so de juros obtenho mensalmente 2 mil reais obrigado

    • Prezado Arliano,
      ouro é investimento em risco, não assegurando nem em longo prazo retorno real, pois está sujeito às seguidas oscilações em curto prazo não necessariamente em torno de tendência de alta.
      Dada sua aversão ao risco de perda, o mais seguro, inclusive até R$ 250 mil garantido pelo FGC, é deixar sua aplicação na velha poupança sem medo de arrependimento.
      Greve de bancários não ameaça bancos…
      att.

  75. Bom Dia, Todo mês transfiro cerca de 500,00 reais na poupança, variação 51. Tenho também investimentos em CDB DI do Banco do Brasil (embora a 02 anos não meixo). Quero fazer um investimento de médio a longo prazo, isto é por cerca de 03 a 06 anos. Considerando esta duas formas de investimento, será que não seria melhor investir no CDB, onde já possuo um pequeno investimento (4.000,00) do que na poupança?

    • Prezado Gregório,
      depende da taxa percentual (% do CDI) que você recebe no CDB…
      O CDI é quase o valor da SELIC, hoje em 9,5% aa ou 0,82% ao mês.
      Logo, qual % CDI maior do que 61% do CDI já dá rendimento superior à poupança (0,5% a.m + TR).
      Tem de considerar também o IR de 15% sobre CDB com 2 anos.
      att.

    • Prezado Elias,
      não dá para viver com R$ 500.000 aplicados, somente com esse dinheiro gastado, gradualmente, até a morte…
      Então, é necessário fazer uma “contabilidade mental” (senão escrita): você manterá esse dinheiro (saldo monetário) como reserva e receberá algum fluxo de renda para seus gastos correntes?
      Se não, calcule com HP12c qual o valor das retiradas mensais que você poderá fazer, de acordo com o prazo de sua esperança de vida, considerando também que esse dinheiro estará aplicado e recebendo juros.
      att.

      • muito obrigado Fernando pela sua dica ! e mais uma coisa, será q eu consigo fazer uns 3000 mil por mês com esse dinheiro em alguma aplicação ? grato Fernando por responder nossas perguntas !

      • Prezado Elias,
        se aplicar R$ 500.000 em depósitos de poupança, receberá 0,5% am, ou seja, R$ 2.500 mensalmente. Porém, esse percentual poderá ser menor do que a taxa de inflação mensal, p.ex., 0,78% am. Assim, se você sacar esse rendimento, o valor investido não terá seu poder aquisitivo corrigido nem parcialmente. Não se iluda com o valor nominal.
        Para render R$ 3.000, terá que aplicar em um fundo com rendimento líquido (descontado imposto de renda e taxa de administração) de 0,6% am.
        att.

  76. Gostaria de saber qual seria a aplicação mais rentável do Itaú, caso a pessoa aplicasse o valor de R$128.000,00: se é a Compromissada Plus (prazo máximo de 5 anos; se não me engano, não tem a cobertura do FGC que atualmente parece ser de R$250.000,00), LCI (prazo mínimo de 6 meses), Itauvest (prazo máximo de 5 anos), CDB Pré (prazo máximo de três anos), Fundo com taxa de administração de 0,5% – *neste caso aplicação mínima é de R$150.000, mas gostaria de saber se é vantajoso e Poupança. Com certeza, a Poupança (vantagem é de poder sacar a qualquer momento) renderá menos, mas queira saber quanto renderia cada aplicação e a mais rentável de acordo com os valores abaixo, se possível.
    No caso da LCI, parece que na Caixa é mais vantagem, pois o valor mínimo de aplicação é de R$30.000 , mas queria saber no Itaú mesmo.

    *Não sei direito como funciona também o Mercado Direto, se é mais vantagem; no meu caso, faria ligado à Itaú corretora, mas não sei se cobram taxa de administração, etc.
    Obs: se possível, gostaria desta análise (ou simulação) até para ter mais opções e não depender tanto do(a) gerente.
    Abaixo, gostaria que fosse feita uma análise de qual aplicação rende mais e quanto, incluindo aí a poupança, se for possível.

    Agradeço antecipadamente,
    Marcelo
    1)Produto: COMPROMISSADA PLUS
    Prazo da aplicação:1803 dias
    Valor exemplo da aplicação: R$ 990,86 (diminui para este valor, caso a pessoa decida aplicar R$ 1000,0)
    Data exemplo da aplicação:19/12/2013
    Data exemplo de vencimento:26/11/2018 (5 anos)
    Remuneração por período de acordo com os prazos e %DI indicados abaixo:
    Até 180 dias:
    82,0%
    De 181 a 361 dias:
    86,0%
    De 362 a 720 dias:
    90,0%
    De 721 a 1082 dias:
    93,0%

    A partir de 1083 dias:
    100,5%

    Simulação do Itaú com a Compromissada Plus (Produto CDB/Compromissada): risco baixo, mês atual, a rentabilidade acumulada é de 0,51%, a do mês anterior foi de 0,7, a do ano, foi de 7,71 e a dos últimos 12 meses foi de 7,72

    2) LCI: taxa líquida de CDI do Itaú começa em 83% – isso de acordo com o site http://www.valoresreais.com/2011/03/13/o-que-e-lci-letra-de-credito-imobiliario/

    O valor mínimo para se investir em LCI é de R$100.0000 e o prazo mínimo é de 6 meses

    3)Itauvest

    Prazo da aplicação:1803 dias

    Valor exemplo da aplicação:R$ 1.000,00 (não diminui o valor aplicado)

    Data exemplo da aplicação:19/12/2013

    Data exemplo de vencimento:26/11/2018 (5 anos)

    Remuneração por período de acordo com os prazos e %DI indicados abaixo:

    Até 180 dias:
    50,0%

    De 181 a 361 dias:
    60,0%

    De 362 a 720 dias:
    70,0%

    De 721 a 1082 dias:
    80,0%

    A partir de 1083 dias:
    100,0%

    4) CDB Pré:

    Prazo de aplicação: 1082 dias

    Valor exemplo de aplicação = R$ 1000,00

    Data exemplo da aplicação: 19/12/2013

    Taxa ao ano (252 du): 11,319%

    Data exemplo de vencimento: 05/12/2016

    Taxa ao ano (360 dc): 0,76%

    Taxa no período (o cliente recebe no período de três anos): 37,126%

    5) Fundo Itaú Personnalité Referenciado DI Evolução FICF;
    taxa de administração = 0,5% a.a. Valor a ser aplicado = R$150.000,00, Risco Baixo

    Taxa de
    Saída Decrescente: Incide sobre o valor resgatado, conforme prazo de permanência da aplicação.

    Até 3 meses (Car. Inicial) 0,0

    De 3 a 6 meses 2,0%

    De 6 a 12 meses 1,5%

    De 12 a 18 meses 1,0%

    De 18 a 24 meses 0,50%

    Ac de 24 meses 0,0%

    Rentabilidade
    (%) CDI

    No mês
    anterior (Out/13): 0,71

    No ano: 7,85

    12 meses: 7,79

    24 meses: 17,29

    36 meses: 30,92

    No mês anterior, a rentabilidade acumulada foi de 0,58%

    Nos últimos 12 meses, a rentabilidade acumulada foi de 7,52%

    Quadro de Rentabilidade

    Mês Rentab. CDI
    Dez/12 0,51 0,53
    Jan/13 0,57 0,59
    Fev/13 0,46 0,48
    Mar/13 0,52 0,54
    Abr/13 0,58 0,60
    Mai/13 0,57 0,58
    Jun/13 0,58 0,59
    Jul/13 0,68 0,71
    Ago/13 0,67 0,69
    Set/13 0,68 0,7
    Out/13 0,77 0,80
    Nov/13 0,69 0,71

    Período Acumulado

    Rentab. CDI

    No mês anterior 0,69 0,71

    No ano 7,59 7,34

    Últimos 12 meses 7,52 7,79

    Últimos 24 meses 16,64 17,29

    Últimos 36 meses 19,71 30,92

    *Obs1: Valor mínimo a ser aplicado =R$150.000,00

    *Obs2: Mesmo não dispondo ainda deste capital (tenho pouco mais de 128.000, sendo que pouco mais 30.000 está na poupança), gostaria de saber se é vantajoso aplicar neste fundo em relação às demais aplicações, incluindo a poupança.

  77. Olá gostaria de saber uma coisa a 4 anos recebi 5 mil de herança mas foi aplicado por que eu era e sou menor de idade qual o valor aproximadamente que eu tenho hoje?

    • Prezado Marcos,
      recebeu R$ 5.000,00? Onde foi aplicado?
      Descubra onde e procure algum site com indexadores, p.ex., do rendimento da poupança.
      Depois, faça uma “regra-de-três”, o valor inicial (R$ 5000,00) correspondente ao índice do primeiro mês e o final sendo sua incógnita (x).
      att.

  78. Fernando, parabéns pelo belo trabalho.
    hoje eu tenho 2 mil livre todo mês, e gostaria de investir, qual orientação você me da para investir 2 mil todo mês? no caso eu quero aplicar 2 mil todo mês durante 2 a 3 anos.

  79. ola! gostaria de saber onde aplicar o meu dinheiro para ter uma renda mensal liquida de no mínimo 20 mil reais. tenho 350 mil reais. Nao sei se vale a pena uma franquia, ou apenas investir. neste momento mas não estou trabalhando, tudo que tenho é esse dinheiro. mas a família é grande e nosso nível de vida alto. onde investir? me ajude. obrigado

  80. BOA NOITE .. gostaria de saber se eu depositar todo mes 3000 reais na poupança eu pago imposto de renda ???

  81. Excelente blog , parabéns . Pelas perguntas formuladas retratam o quanto o investidor brasileiro está preso as fronteiras de nosso pais . Meu nome é Luiz Vasconcelos , trabalho no mercado financeiro internacional ( mercado forex ) . Se Você quiser conhecer o que é mercado forex , clique no link abaixo e conheça também um pouco de meu trabalho . Atenciosamente .

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s