Origem do Capital Bancário no Brasil: o Caso RUBI

Resumo:

Há um relativo desconhecimento da origem dos principais bancos privados brasileiros. O foco de investigação deste trabalho é a história das empresas bancárias que resultaram no Banco Real, Unibanco, Bradesco e Itaú, através de pesquisa sobre as suas fundações, evoluções e trajetórias até alcançar (e manter) os primeiros postos nos rankings de suas atividades. Por intermédio de seus registros, analisa-se a concentração bancária regional no Brasil. Particularmente, foca-se a história regional comparada no que diz respeito a bancos em Minas Gerais e em São Paulo. Em última análise, seu tema é o próprio desenvolvimento do capitalismo no país, em um capítulo omitido na nossa historiografia.

Abstract:

The origin of the main Brazilian banks owned by the private sector is relatively unknown. This paper focuses on the history of the corporations which resulted in four banking conglomerates – Real, Unibanco, Bradesco and Itaú. It is a research about the creation and development of these banks until they have reached (and maintained) the leading positions in the Brazilian financial industry. By doing that, it will be analyzed the regional concentration of banking in Brazil. We will focus, particularly, the comparative regional history of banks in the States of Minas Gerais and São Paulo. Ultimately, the subject of this paper is the development of capitalism in Brazil, on a missing chapter of our historiography.

Link: Origem do capital bancário no Brasil o caso RUBI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s