Populismo Financeiro

O que há de comum entre senador, cronista social e professor universitário? Durante oito anos, vários deles usaram a mídia, atacando o governo Lula, inclusive com tentativa de queimar imagem de instituição financeira pública. Dando continuidade ao processo sistemático de “desconstrução” dos pilares do sucesso econômico e social desse governo, focaram até mesmo o programa de crédito consignado, isto é, através de desconto das prestações na folha de pagamento.

Como sou testemunha ocular dessa história, pois estava presente na reunião, posso confirmar que a proposta dessa modalidade de empréstimos foi levada pela CUT ao Ministério da Fazenda, em 2003, na presença (e com aprovação) de representantes de todas as outras centrais sindicais e da FEBRABAN. Implementada, atendeu à ampla demanda social, bastando conferir as estatísticas para comprovar: as operações de crédito consignado mantiveram representatividade de 60% no estoque de crédito pessoal, metade para trabalhadores inativos, com taxa de juros média cerca de 40 pontos percentuais abaixo da taxa de juros média do crédito pessoal com recursos livres.

Continue reading “Populismo Financeiro”