Despesas das Famílias

Segundo a POF 2008/ 2009, a família brasileira gasta, em média, R$ 2.626,31 por mês. As do Sudeste são as que gastam mais (R$ 3.135,80), perto do dobro do valor médio dos gastos mensais do Nordeste, onde as famílias gastam menos (R$ 1.700,00).

No Sul e no Sudeste, as famílias pobres de menor rendimento mensal (até R$ 830) gastam em média mais do que recebem (R$ 929,75 e R$ 831,67, respectivamente). O endividamento deve ser o que permite isso.

No Nordeste, as famílias ricas de maior rendimento mensal (acima de R$ 10.375) gastam em média mais do que as famílias ricas de outras regiões, atingindo R$ 14.312,77, portanto, acima da média nacional dessas famílias. Na região mais pobre, há maior desigualdade.

Quando à concentração de poder aquisitivo entre as unidades da federação, o Distrito Federal tinha a maior despesa média total, R$ 3.963,99, cerca de 50,9% acima da média nacional (R$ 2.626,31). Em seguida, vinham Santa Catarina (R$ 3.509,58) e Rio de Janeiro (R$ 3.386,78). Alagoas (R$ 1.223,94), Ceará (R$ 1.431,96) e Maranhão (R$ 1.466,96) tinham as menores despesas.

Além das desigualdades regionais, há também grande diferença entre a despesa média mensal familiar nas áreas urbanas (R$ 2.303,56 e 8,6% maior que a média), e a das áreas rurais (R$ 1.220,14 e 46,8% inferior à média).