Disputa pelos Clientes de Home Broker

Antonio Perez, Angelo Pavini e Luciana Monteiro (Valor, 03/02/2011) alertam que o crescimento de apenas 10,8% no número de pessoas físicas na bolsa em 2010, ano de baixo crescimento do Índice Bovespa, nem de longe abalou a determinação das corretoras em alcançar a meta de ter 5 milhões de investidores. O “vale-tudo na caça a clientes do home broker”, o sistema de compra e venda de ações pela internet, passou a incluir corretagem mais barata que passagem de ônibus, viagens para o exterior e até Ipad de brinde.

O acirramento da disputa é reflexo da perspectiva de consolidação do mercado de home broker. O que está em jogo, portanto, é, em muitos casos, a própria sobrevivência. Das 80 corretoras independentes existentes hoje, vão sobrar cerca de 40 nos próximos anos, estima um participante desse mercado.

 

O início do ano marcou a estreia do home broker da coreana Mirae Asset, que aportou no país fazendo “guerra de preços”. Ela vai cobrar corretagem de apenas R$ 0,99 para as primeiras 2.011 pessoas que se cadastrarem. Foram mais de 1 mil cadastros em 10 dias.

 

Para quem chegar depois da promoção, a taxa será de R$ 2,90 – valor inferior à tarifa de R$ 3,00 dos ônibus em São Paulo. Se alguém cobrar menos, se propõe a reduzir para R$ 1,50. A Mirae tem US$ 100 milhões em caixa para manter a operação enquanto a receita não cobre os custos. A coreana aposta em preço baixo e tecnologia de ponta para atrair desde o investidor que opera diariamente até o pequeno poupador. Com a corretagem pequena, qualquer estudante universitário pode comprar R$ 300 em ações todos os meses para formar carteira de longo prazo, segundo executivo dela.

 

Até a chegada da Mirae, a TOV ostentava o título de corretora mais barata do mercado. Além da corretagem padrão, de R$ 5, a TOV possuía, até janeiro, taxa promocional de R$ 2,50 para aposentados. A corretora encerrou a promoção afirmando, em comunicado, que em 2010 “havia investido fortemente em novos e melhores sistemas”. Era sinal claro de falta de fôlego financeiro para manter a guerra de preços.

 

Mas muitas corretoras necessitam rever a política de preços. Há corretora cobra R$ 15 por ordem, mas realiza promoções durante os pregões em que a taxa cai para R$ 6. Não tem jeito, o cliente ainda é muito sensível a preço.

 

Uma grande arma para conquistar investidores, contudo, será a oferta de carteiras administradas. Por exemplo, a corretora lança portfólio com investimento mínimo de R$ 5 mil formado pelos papéis recomendados por sua área de análise. Facilita o primeiro contato das pessoas com a bolsa.

 

Outras corretoras apostam na educação financeira para os iniciantes, mas buscam também os chamados “investidores profissionais”, que realizam operações diariamente. A arma para conquistar esse investidor mais sofisticado é pacote de serviços que, cobrando R$ 980 ao mês, oferece número ilimitado de ordens pela internet, sistema de negociação baseado em algoritmos e a possibilidade de realizar operações no valor de até 10 vezes o saldo de ações em custódia.

 

Quem aderir ao plano recebe também um iPad, o cobiçado tablet da Apple, promete o diretor de Marketing da XP, lembrando que a corretora também prepara o lançamento de portal gratuito com notícias e análises sobre o mercado. Pretende melhorar os serviços sem entrar na “guerra de preços”.

 

Entre as corretoras estrangeiras, a britânica Icap aposta em promoções e pacotes de serviços para atrair investidores. Depois de promoção que dava aos clientes viagem a Nova York, a corretora fechou parceira com a Multiplus – responsável pelo programa de milhagem da TAM. Outra novidade foi o lançamento, este mês, do pacote de corretagem Flex, a R$ 10. Além dela, já havia as contas de corretagem Econômica (R$ 5,00) e Especial (R$ 20,00). A Flex oferece dois entre os seis serviços da conta Especial, como o simulador de operações com opções e sistema de cálculo do Imposto de Renda (IR). Em 2010, a Icap ficou na 15ª colocação no ranking do home broker. No ano corrente, pretende ficar entre os cinco primeiros.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s