O Pesadelo Americano: O Sonho Acabou…

Conheci, no excelente site Doc Verdade, o documentário The American Dream – O Sonho Americano (EUA, 2011, 30 min. – Direção:Tad Lumpkin e Harold Uhl). Apesar de ser uma animação que utiliza-se da piada e irreverência, aborda um dos assuntos políticos mais sérios: a impunidade dos banqueiros de Wall Street. O problema é que os “indignados” estão demonizando todos os banqueiros e o próprio sistema bancário, constituído pelo setor bancário e o público não bancário, isto é, nós, os clientes bancarizados. A que levará a ação coletiva, convocada via rede social, com a denúncia moralista da “corrupção” e/ou da “ganância”? O que se propõe no lugar do sistema bancário de pagamentos? Veja os vídeos abaixo.

Fatos conhecidos por especialistas, mas desconhecidos pela maior parte da população mundial, durante gerações e gerações, pós crise mundial de 2008 e com o advento da Internet, estão sendo revelados no YouTube. Por exemplo, está sendo lembrada, em vídeos, a manobra dos “judeus banqueiros”, os Rothschilds, que conseguiram enganar toda a Inglaterra, especulando com a defasagem de informações a respeito da batalha de Waterloo, em 18 de junho de 1815,  e obrigando-a, posteriormente, a adotar o sistema monetário do débito. Já vi esse filme anti semita antes… E ele não terminou bem. Os cidadãos norte-americanos estão se surpreendendo em saber que o FED americano (semelhante à Casa da Moeda), criado em 1913, não é uma instituição pública, mas sim um pool de bancos privados, e o que ele custa aos contribuintes norte-americanos! A história bancária é apresentada como uma sucessão de escândalos. Só?!

O movimento “Ocupe Wall Street” conseguiu impedir que a Prefeitura de Nova York e a Brookfield Properties, dona do parque Zuccotti, onde está o acampamento, retirassem os manifestantes do local para limpar o espaço público. Com medo de que a manutenção fosse pretexto para retirá-los, os ativistas convocaram simpatizantes para se reunir no parque a partir das seis da manhã. Juntaram uma multidão, de perfil variado: líderes religiosos, sindicalistas, estudantes, jovens loiros e negros, judeus, árabes, hippies, engravatados, idosos como as vovós do movimento Granny Peace Brigade, e imigrantes. Será que esse movimento dos “indignados” nos Estados Unidos, avesso aos partidos políticos, será instrumentalizado? Ele se contrapõe ao Tea Party?

Leia a apresentação nacionalista fundamentalista do documentário O Sonho Americano no YouTube. Cheira à coisa do Tea Party, tendência direitista do Partido Republicano. “O Sonho Americano é uma animação de 30 minutos , que mostra como nós fomos enganados pelos elementos mais básicos do nosso sistema de governo. Todos nós, americanos, nos esforçamos para o sonho americano, e esse filme mostra por que seu sonho está ficando cada vez mais distante. Você sabe como o dinheiro é criado? Ou como funciona os bancos? A inflação? Você sabe o que a Reserva Federal é e como ela afeta você todos os dias? O Sonho Americano tem um olhar divertido, mas mostra como os problemas de hoje não são nenhuma novidade, e por que os nosso líderes ao longo da história, nos alertou e lutou contra o sistema financeiro que temos na América de hoje. Você será desafiado a investigar algumas das instituições mais arraigadas e poderosas desse país, e espero encorajá-los a colocar nossa nação de volta aos trilhos”.

Para maior profundidade na análise do assunto, veja também os documentários “The Money Masters” e, abaixo, “Money as Debt“.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s