Revolução na Sociedade de Consumo

Francine De Lorenzo (Valor, 10/02/12) fornece evidências para se discutir tema do debate econômico contemporâneo: a economia de escala chinesa, isto é, o dito “socialismo de mercado” provocou uma revolução na sociedade de consumo mundial, barateando os chamados antigamente de “bens de luxo”, tornando-os “bens de assalariados”, e encarecendo as commodities minerais e agrícolas importadas pela China e exportadas por países emergentes? Afinal, a revolução socialista foi econômica – e não política, como se esperava?

Continuar a ler

Commodities versus Manufaturas

David Kupfer é professor e membro do Grupo de Indústria e Competitividade do Instituto de Economia da UFRJ (GIC-IE/UFRJ) e assessor da presidência do BNDES. Escreveu artigo (Valor, 13/02/12) onde pondera os argumentos sobre o que se denomina “desindustrialização” da economia brasileira. Para torná-lo mais didático, vamos esquematizar seus pontos.

Continuar a ler