CURSO: Economia no Cinema

                                                                                                                                                                                     UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

INSTITUTO DE ECONOMIA

CURSO DE GRADUAÇÃO

CE- 858 – TÓPICOS ESPECIAIS DE ECONOMIA III –  “ECONOMIA NO CINEMA” (ELETIVA)

Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa

Objetivo: delinear uma alternativa ao ensino tradicional de Economia via livro-texto: usar filmes para aplicar conhecimento econômico em suas interpretações. O filme é um meio visual e de áudio poderoso e atraente para a transmissão de informações. Complexos conceitos econômicos podem ser mais facilmente entendidos por alunos cinéfilos. Eles se beneficiam de exemplos retirados de filme para ilustração de temas cuja análise pode ser reforçada através de discussão em classe. Conceitos são introduzidos com leitura de livros, reforçados através de visualização no cinema e, em seguida, fixados através de discussão. A intuição e a imaginação dos alunos estão envolvidos nesse processo por meio da ação de relacionar os conceitos que aprenderam, lendo ou assistindo aulas/palestras, com a “vida no mundo real” retratada, de maneira artística, nos filmes. Assim estimulados, os alunos se moverão em direção à apropriação intelectual do tema apresentado, o que implicará em retenção mental, em longo prazo, de conceitos econômicos.

Épicos são o gênero de filme que mostra determinada interpretação cinematográfica do passado. Assistindo-os, o estudante também pode aprender História e Economia. Eles ilustram com imagens o que os autores de livros pesquisaram e sugeriram à imaginação ou à fantasia do criador artístico. É instrumento complementar de estudo.

Categoria do Blog (coluna da direita) com todo o material didático deste CursoCategoria Cursos Abertos – Curso Economia no Cinema

Bibliografia sobre Roteiros:

Robert Mckee escreveu a principal obra sobre roteiros de cinema publicada nos últimos 20 anos: Story – Substance, Structure, Style and The Principles of Screenwriting (original de 1997, publicado no Brasil pela editora Arte & Letra de Curitiba, em 2007, com 432 páginas).

Post: Story: Substância, Estrutura, Estilo e Os Princípios da Escrita de Roteiro

Gilmour, David. O Clube do Filme. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2009. pp. 239.

Posts: O Clube do FilmeDicas para o Curso Economia no Cinema a partir de O Clube do Filme

Ana Maria Bahiana. Como Ver Um Filme. Rio de Janeiro, Editora Nova Fronteira, 2012. p. 256

Posts: Como Ver Um Filme: Criação dos FilmesConstrução do RoteiroGênero CinematográficoDrama.

“Poética” de Aristóteles: Para Avaliar Roteiros de Filmes

Para que serve Arte?

Tom Stempel. Por Dentro do Roteiro: Erros e Acertos em Janela indiscreta, Guerra nas Estrelas e Outros Clássicos do Cinema. Rio de Janeiro, Zahar, 2011. 304 pp.

Posts: Por Dentro do Roteiro: Erros e Acertos em Clássicos do CinemaTudo Que Você Sempre Quer Saber Sobre Um Filme Mas Tem Medo de Perguntar

Antoine de Baecque. Cinefilia – Invenção de um Olhar, História de uma Cultura 1944-1968. São Paulo, trad. André Telles, Cosac Naify, 472 págs., R$ 82.

Post: Cinefilia: Invenção de Um Olhar, História de Uma Cultura: 1944-1968

BlogFilmes para serem usados em sala de aula

Assista OnLineCinema Clássico

Programa:

Horário: segunda-feira à noite (19:00-23:00) – 4 de março a 10 de junho de 2013.

Observação: o filme a ser projetado/analisado, na aula seguinte, poderá ser escolhido pelos alunos a partir de sugestões e comentários do professor – hiperlink em azul com sinopse do filme (clique para ler).

 

  1. APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA DO CURSO – ECONOMIA NA PRÉ-HISTÓRIA

Leitura Básica: WINSTON, Robert (2002). Instinto Humano – Como os nossos impulsos primitivos moldaram o que somos hoje. São Paulo, Globo, 2006. Introdução, Cap. 1 e 2.

Resenha: Instinto Humano: Como os nossos Instintos Primitivos moldaram o que somos hoje

Post: Homo Sapiens e Finanças Comportamentais

Veja a seqüência inicial de: 2001: Uma Odisséia no Espaço

A Guerra do Fogo (1981) – 1:35:46

Comentários com base no Documentário da BBC sobre “Instintos Humanos
(4 Episódios: Sobrevivência; Desejo; Competição; Proteção), seguida de debate a respeito de roteiros e comportamentos instintivos ou racionais dos personagens.

Post: https://fernandonogueiracosta.wordpress.com/2012/11/25/desenvolvimento-do-cerebro-humano/

Leitura complementar: DIAMOND, Jared. O Terceiro Chimpanzé: A Evolução e o Futuro do Ser Humano. Rio de Janeiro: Record, 2010. pp. 430.

Ler 3 resenhas no blog: O Terceiro Chimpanzé: A Evolução e o Futuro do Ser Humano IO Terceiro Chimpazé IIO Terceiro Chimpanzé III

Outro filme: 10.000 A.C. (2008)

2. LEIS DE MOVIMENTO DA ECONOMIA DURANTE A EVOLUÇÃO HUMANA

Apresentação Comentada e Debate do Documentário em DVD duplo da National Geographic, baseado no livro: DIAMOND, Jared. Armas, Germes e Aços: Os Destinos das Sociedades Humanas. Rio de Janeiro: Editora Record, 2001, original de 1997. Leitura básica: Cap. 1, 4, 5 e Epílogo.

Post: https://fernandonogueiracosta.wordpress.com/2010/01/30/armas-germes-e-aco-os-destinos-das-sociedades-humanas/

3. ECONOMIA NA ANTIGÜIDADE – TEMA: QUEDA DE IMPÉRIOS

Leitura básica: Keynnedy, Paul. Ascensão e Queda das Grandes Potências: Transformação Econômica e Conflito Militar de 1500 a 2000. Rio de Janeiro, Editora Campus, 1989. 675 páginas. Introdução, Cap. 1, 3 e 8.

Ler resenha no blog:

https://fernandonogueiracosta.wordpress.com/2010/03/20/ascensao-e-queda-das-grandes-potencias/

Leitura Básica: FERGUSON, Niall. Civilização: Ocidente X Oriente. São Paulo: Planeta, 2012. Cap. 1 – Competição – pp. 45-77 e Conclusão: os Rivais – pp. 345-376

Leia resenhas no blog: Teorias dos Ciclos de CivilizaçãoCivilização: Ascensão Lenta, Queda Súbita

Gladiador (2000) – Versão Extendida – 154 min – Sinopse: No auge da expansão geográfica do império romano, o general Lívio comanda a nova política do imperador Marco Aurélio, que quer a pacificação de fronteiras, e a adoção para os povos conquistados uma certa autonomia. As finanças públicas se deterioram com a manutenção de Impérios imensos. No caso, Marco Aurélio acaba assinado por Commodus, filho ilegítimo que assume o trono. Tudo isso mergulha Roma no caos político e administrativo, o que dá origem à queda do Império Romano. Esse episódio histórico é encenado tanto em Gladiador (2000), quanto em A Queda do Imperio Romano (1964).

Outros Filmes: Tróia (2004); Anibal – O Conquistador (1959); Roma (HBO) – 1ª Temporada; Roma (HBO) – 2ª Temporada; Calígula (1979); Spartacus (1960); Ben Hur (1959); Cleópatra (1963)Júlio César de William Shakespeare (1970)A Queda do Imperio Romano (1964).

4- ECONOMIA MEDIEVAL: CIVILIZAÇÃO EUROPEIA

Leitura Básica: FERGUSON, Niall. Civilização: Ocidente X Oriente. São Paulo: Planeta, 2012. Cap. 2 – Ciência – pp.78-126

Leia resenha no blog: Civilização: Ocidente X Oriente; Inquisição;  Relação entre Religião e Ciência.

Giordano Bruno (1973) – Sinopse: O roteiro mostra um dos episódios mais simbólicos do atraso na evolução humana: o processo e a execução do astrônomo, matemático e filósofo italiano Giordano Bruno (1548-1600), queimado na fogueira pela Inquisição por causa de suas teorias científicas contrárias aos dogmas da Igreja Católica.

Ler resenhas no blog: https://fernandonogueiracosta.wordpress.com/2011/02/25/robin-hood-historia-e-estoria/; https://fernandonogueiracosta.wordpress.com/2011/02/25/robin-hood/

Outros Filmes: Conquista Sangrenta (1985)Ironclad: Sangue e Honra (2011); Robin Hood (2010); O Homem De La Mancha (1972); Joana D’Arc (Otto Preminger / Graham Greene – 1957); O Senhor da Guerra (1965); El Cid (1961); Coração de Cavaleiro (2001); Rei Arthur (2004); Cruzada (2005); Brancaleone nas Cruzadas (1970); As Aventuras de Robin Hood (1938); Robin Hood – O Príncipe dos Ladrões (1991); Coração Valente (1995); O Nome da Rosa (1986); Alexander Nevsky (1938); Ran (1985).

5. ECONOMIA NA ERA MODERNA – TEMA: CONQUISTA DA ÁMERICA

Leitura Básica: FERGUSON, Niall. Civilização: Ocidente X Oriente. São Paulo: Planeta, 2012. Cap. 3 – Propriedade – pp. 127-174

Leia resenha no blog: Capitalismo: Surgimento Tardio; Era das Grandes Navegações: CompetiçãoColonização das Américas e Direito à Propriedade.

1492, A Conquista do Paraíso (1992)Sinopse: Vinte anos da vida de Cristóvão Colombo, desde quando se convenceu de que o mundo era redondo, passando pelo empenho em conseguir apoio financeiro da Coroa Espanhola para sua expedição, o descobrimento em si da América, o desastroso comportamento que os europeus tiveram com os habitantes do Novo Mundo, e a luta de Colombo para colonizar o continente que ele descobriu por acaso, além de sua decadência na velhice.

Outros Filmes: Minissérie Cristóvão Colombo; O Novo MundoMestre dos Mares – O Lado Mais Distante do Mundo (2003); Piratas do Caribe; Amadeus; O Homem que Não Vendeu Sua Alma; Kagemusha

6. ECONOMIA NA ERA DAS REVOLUÇÕES – TEMA: INDEPENDÊNCIA

Leitura Básica: Sylvia Nasar. A Imaginação Econômica: gênios que criaram a Economia Moderna e mudaram a História. São Paulo, Companhia das Letras, 2012, pp. 577.

Leia resenha no blog: A Imaginação Econômica de Joseph Schumpeter: Empreendedorismo, Inovação e Crédito

Leia posts: Guerra de IndependênciaGrito de Independência.

O Patriota (2000) – 2:45 – Benjamin Martin (Mel Gibson) protagoniza o herói individualista que, inicialmente, renuncia à luta, querendo apenas viver em paz com sua família. Quando os ingleses levam a Guerra da Independência americana para dentro de sua casa, confrontando com seu filho idealista (Heath Ledger), Benjamin não vê outra saída a não ser pegar nas armas, novamente, e liderar uma rebelião de fazendeiros colonos contra o equipado e treinado exército britânico. Nesta Guerra de Milícias, ele descobre que o único meio de proteger sua família é lutando pela liberdade na nação a ser construída de maneira republicana contra a monarquia inglesa. A Guerra da Independência norte-americana, em 1783, foi a primeira descolonização feita por colonos que viviam além-mar.

Outros Filmes: O Último dos Moicanos (1992); Álamo (1960); Um Homem Chamado CavaloDança com LobosRevoluçãoAmistadGangues de Nova YorkE O Vento LevouO Nascimento de Uma Nação.

7. ECONOMIA NA ERA DAS REVOLUÇÕES – TEMA: REVOLUÇÃO BURGUESA

Leitura Básica: Thomas McCraw. O Profeta da Inovação – Joseph Schumpeter e a Destruição Criativa / O Profeta da Inovação: Joseph Schumpeter e a Destruição Criativa. Rio de Janeiro: Record, 2012. pp. 768.

Leia resenha no blog: A Imaginação Econômica de Beatrice Webb: o Estado de Bem-Estar Social.

Danton (1982) – Sinopse: Na primavera de 1794, Danton retorna a Paris e constata que o Comitê de Segurança, sob a incitação de Robespierre, inicia várias execuções em massa. O povo, que já passava fome, agora vive um medo constante, pois qualquer coisa que desagrade o poder é considerado um ato contrarrevolucionário. Nem mesmo Danton, um dos líderes da Revolução Francesa, deixa de ser acusado. Os mesmos revolucionários que promulgaram a Declaração de Direitos do Homem implantaram agora um regime onde o terror impera. Confiando no apoio popular, Danton entra em choque com Robespierre, seu antigo aliado, que detém o poder. O resultado deste confronto é que Danton acaba sendo levado a julgamento, onde a liberdade, a igualdade e a fraternidade foram esquecidas. É possível fazer certa analogia do filme de Andrrzej Wajda com o período pós-revolucionário, tanto na URSS, quanto na Polônia.

Filmes Alternativos:

A Queda da Bastilha (1935) – Sinopse: “Uma vida pela vida que você ama“: com essas palavras o advogado Sydney Carton encara o tribunal que resultará em sua execução. A guilhotina que encerra um dos filmes épicos mais espetaculares. Baseado no célebre romance de Charles Dickens “A Tale of Two Cities“, este filme é um conto de tempos turbulentos da Revolução Francesa, recriada em uma fotografia impressionante por ter sido realizada em 1935. “A Queda da Bastilha” não é só uma película sobre romance, revolução, política e paixão, mas mais do que isso, é um filme que eternamente será apreciado.

Napoleão (1927) – Sinopse: O sucesso desse filme, em que Abel Gance desenvolveu técnicas experimentais, foi prejudicado pela duração de seis horas e por necessitar de equipamentos de projeção de filmes especiais para mostrá-lo, particularmente na sua parte final onde a tela triplica em tamanho para mostrar um panorama de um campo de batalha. Ele mostra desde a infância até a batalha final de Napoleão, passando pela Revolução Francesa.

Guerra e Paz (1956) – 208 minutos – Sinopse: A obra-prima literária de Leo Tolstoy mistura aventura espetacular, intriga envolvente e trágico romance no tumultuado cenário da invasão napoleônica na Rússia.

Outros Filmes: Casanova e a Revolução; Napoleão (2002); O Leopardo

8. ECONOMIA NA ERA DAS REVOLUÇÕES – TEMA: REVOLUÇÃO SOVIÉTICA

Post: A Imaginação Econômica de Amartya Sen: ïndice de Desenvolvimento HumanoDesenvolvimento como Liberdade.

Encouraçado Potemkin (1925) – 1:14 – Sinopse: Em 1905, na Rússia czarista, aconteceu um levante que pressagiou a Revolução de 1917. Ele começou no navio de guerra Potemkin quando os marinheiros estavam cansados de serem maltratados, sendo que até carne estragada lhes era dada com o médico de bordo insistindo que ela era perfeitamente comestível. Alguns marinheiros se recusam em comer esta carne, então os oficiais do navio ordenam a execução deles. A tensão aumenta e, gradativamente, a situação sai cada vez mais do controle. Logo depois dos gatilhos serem apertados Vakulinchuk (Aleksandr Antonov), um marinheiro, grita para os soldados e pede para eles pensarem e decidirem se estão com os oficiais ou com os marinheiros. Os soldados hesitam e então abaixam suas armas. Louco de ódio, um oficial tenta agarrar um dos rifles e provoca uma revolta no navio, na qual o marinheiro é morto. Mas isto seria apenas o início de uma grande revolta. Filme dirigido por Sergei Eisenstein.

Outros Filmes: Doutor Jivago (1965) – 3:21; Reds (1981) – 3:08; Che 1 – A Revolução Cubana (2008)Che 2 – A Guerrilha (2008)

9. ECONOMIA PERIFÉRICA NO CINEMA – TEMA: DESCOLONIZAÇÃO

Leitura Básica: FERGUSON, Niall. Civilização: Ocidente X Oriente. São Paulo: Planeta, 2012. Cap. 4 – Medicina – pp. 175-234

Post: As Pessoas Em Primeiro Lugar: Identidades e Identificações.

DIAMOND, Jared. Colapso: Como as Sociedades escolhem o fracasso ou o sucesso. Rio de Janeiro: Record; 2005. pp. 680. Cap. 10 – Malthus na África: o Genocídio em Ruanda / Cap. 11 – Uma ilha, dois povos, duas histórias: a República Dominicana e o Haiti

Post: Colapso

Hotel Ruanda (2004) – 2:01 – Sinopse: Em 1994, um conflito étnico-político em Ruanda levou a um genocídio: a morte de quase um milhão de pessoas em apenas cem dias! Sem apoio dos demais países, os ruandenses tiveram que buscar saídas em seu próprio cotidiano para sobreviver. Uma delas foi oferecida por Paul Rusesabagina (Don Cheadle), que era gerente do hotel Milles Collines, localizado na capital do país. Contando apenas com sua coragem, Paul abrigou no hotel mais de 1200 pessoas durante o conflito.

Filme Alternativo:

Lawrence da Arábia (1963) – 3h 36min – Sinopse: Em 1935, quando pilotava sua motocicleta, T.E.Lawrence (Peter O’Toole) morre em um acidente e, em seu funeral, é lembrado de várias formas. Deste momento em diante, em flashback, conhecemos a lendária história de um tenente do Exército Inglês no Norte da África, que durante a 1ª Guerra Mundial, insatisfeito em colorir mapas, aceita uma missão como observador na atual Arábia Saudita, e acaba colaborando de forma decisiva para a união das tribos árabes contra os turcos.

Outros Filmes: Passagem para a Índia; Gandhi; O Último Imperador; Queimada; A Batalha de Argel; Mandela, a Luta pela Liberdade (Goodbye Bafana); Falcão Negro em Perigo; Diamante de Sangue; Senhor das Armas; Os Silêncios do Palácio (Tunísia, 1994); Infância Roubada (Tsotsi, África do Sul, 2005); Entre Dois Amores (Out of Africa, 1985); Jardineiro FielA Última Ceia (1976)

10. ECONOMIA NA ERA DO IMPÉRIO NORTE-AMERICANO: ECONOMIA DO PETRÓLEO

Leituras Básicas:

FERGUSON, Niall. Civilização: Ocidente X Oriente. São Paulo: Planeta, 2012. Cap. 5 – Consumo – pp. 235-301

YERGIN, Daniel. O Petróleo: Uma História Mundial de Conquistas, Poder e Dinheiro. Rio de Janeiro: Paz & Terra; 2010. pp. 1080. Prólogo e Parte I – pp. 19-186

Sangue Negro (2007) – 2h 38 min – Sinopse: Virada do século XIX para o século XX, na fronteira da Califórnia. Daniel Plainview (Daniel Day-Lewis) é um mineiro de minas de prata derrotado, que divide seu tempo com a tarefa de ser pai solteiro. Um dia ele descobre a existência de uma pequena cidade no oeste onde um mar de petróleo está transbordando do solo. Daniel decide partir para o local com seu filho, H.W. (Dillon Freasier). O nome da cidade é Little Boston, sendo que a única diversão do local é a igreja do carismático pastor Eli Sunday (Paul Dano). Daniel e H.W. se arriscam e logo encontram um poço de petróleo, que lhes traz riqueza mas também uma série de conflitos.

Filme Alternativo: Assim Caminha a Humanidade (1956) – 3h 21 min – Sinopse: Em 1923, Bick Benedict (Rock Hudson), um rancheiro texano, vai a Maryland para comprar um cavalo premiado e se apaixona por Leslie (Elizabeth Taylor), a filha do proprietário da fazenda. Eles se casam imediatamente e ela retorna com o marido para o Rancho Reata, Texas, onde Leslie vê apenas uma mansão no deserto no meio de 600 mil acres. Bick apresenta Leslie à sua irmã, Luz Benedict (Mercedes McCambridge), uma mulher rude e solteirona que não vê com simpatia a chegada da cunhada. Jett Rink (James Dean), um peão, leva Leslie para conhecer o rancho e ela fica chocada com a pobreza das famílias mexicanas e a precariedade dos alojamentos, pois assim vivem os que trabalham para Bick, que só usa o dinheiro para investir na pecuária. Leslie ajuda a cuidar de um recém-nascido de um empregado e decide se dedicar à melhoria das condições de vida dos pobres. Bick se surpreende ao saber que no testamento Luz deixara sua parte nas terras para o rebelde e beberrão Jett. Bick propõe comprar de volta a parte dela, mas Jett recusa, pois acredita que aquela terra o deixará rico. Ele consegue dinheiro emprestado e começa a perfurar o solo, até que um dia jorra petróleo no local. Jett avisa que o petróleo irá acabar com a pecuária. Ele torna-se um magnata do petróleo, dono da Jettexas Company. Apesar de estar milionário, não ultrapassa o alcoolismo, cultivando a rivalidade com Bick.

Outros Filmes: Era Uma Vez no Oeste; Os Imperdoáveis; Butch Cassidy and the Sundance Kid; Cor Púrpura; Os Intocáveis; O Poderoso Chefão; Cidadão Kane; Boa Noite Boa Sorte; JFK; Todos os Homens do Presidente; Nixon; W.

11. ECONOMIA DE DEPRESSÃO E GUERRA

O Poder Vai Dançar (1999) – SinopseCradle Will Rock traz à luz um conturbado período da história americana, na década de 30, que acabou limitando a liberdade de expressão no país e se manifestou como o prenúncio de tempos igualmente sombrios, que viriam duas décadas depois com a caça às bruxas promovida pelo anticomunista senador Joseph McCarthy. Tomando algumas liberdades poéticas, misturando fatos reais com ingredientes ficcionais, Tim Robbins retorna aos anos 30, durante a profunda depressão que cortou empregos e obrigou o governo norte-americano a criar alguns programas para garantir a subsistência da numerosa classe artística do país. O projeto do Teatro Federal foi responsável pela montagem de peças e musicais, apresentados a preços subsidiados para a população, lotando as casas de espetáculo, e dando alguma renda para os artistas filiados a sindicatos. Em Nova York, em 1936, longas filas se formavam nas portas do teatro, com centenas de cantores, atores, músicos e técnicos em busca de vaga. Os sindicatos de trabalhadores lutavam nas ruas em defesa de greves, os grandes industriais aproximavam-se do Fascismo Europeu e os programas de trabalho do Governo eram acusados de promover o comunismo. Naquele contexto, o jovem Orson Welles dirigiu sua mais controversa peça (Cradle Will Rock), um musical sobre a opressão aos trabalhadores em uma pequena cidade. O filme busca mostrar as contradições sociais e interpessoais, em diversas minitramas, inclusive entre artistas e seus mecenas, p.ex., entre Diego Riviera (casado com Frida Kahlo) e Nelson Rockfeller.

Outros Filmes: A Noite dos DesesperadosOs FalsáriosGlória Feita de Sangue; A Grande Ilusão; A Regra do Jogo; 1900; Mephisto; Swing Kids; A Lista de Schindler; Pearl Harbor;  O Resgate do soldado Ryan; Patton: Rebelde ou Herói?A Ponte do Rio Kwai; Cartas de Iwo Jima; Casablanca; O Pianista; Bastardos Inglórios; Operação Valquíria; A Queda: As Últimas Horas de Hitler; O Baile; Retratos da Vida; Forrest Gump; Apocalypse Now; Platoon; Nascido para Matar; Doutor Fantástico; O Leitor; A Vida dos Outros; Adeus, Lenin

12. ECONOMIA DA CRISE DO PETRÓLEO

Leitura Básica: YERGIN, Daniel. O Petróleo: Uma História Mundial de Conquistas, Poder e Dinheiro. Rio de Janeiro: Paz & Terra; 2010. pp. 1080. Parte V (A Batalha pela Hegemonia Mundial) e Epílogo (A Nova Era do Petróleo) – pp. 635-900 – Obs.: Parte II a IV – pp. 187-634

Syriana, a Indústria do Petróleo (2005) – 2:06 – Sinopse: Pax Syriana (em latim) é um termo utilizado nos estudos das relações internacionais no Oriente Médio, geralmente com relação aos esforços da Síria para influenciar seus vizinhos, particularmente o Líbano. A ideia por trás da Pax Syriana é que a Síria, através de diplomacia e força militar, poderia assegurar a paz no Líbano. O termo é baseado na Pax Romana e na Pax BritannicaSyriana é um thriller político, cujo título refere-se ao termo pelo qual é conhecida, nas comunidades de informação e comando mundial do negócio de petróleo, a nova partilha política realizada pelos ganhadores da guerra nos territórios e populações situados sobre os lençóis de petróleo do Oriente Médio, logo após o término da 2ª Guerra Mundial. A palavra Syriana voltou ser utilizada após a Guerra do Golfo e novamente após a derrubada do governo de Saddam Hussein no Iraque, na chamada Guerra do Iraque, para se referir a disputa entre as grandes corporações dos EUA e aliados por quem ficará responsável pelos lençóis de petróleo. O filme foca-se na política de petróleo, e na influência global da indústria petrolífera, cujos efeitos políticos, econômicos, jurídicos e sociais, são sentidos por um agente da CIA (George Clooney), um analista do mercado de energia (Matt Damon), um advogado de Washington (Jeffrey Wright), e um jovem trabalhador desempregado paquistanês (Mazhar Munir), em um país árabe no Golfo Pérsico. Ver em: http://www.qubit.tv/content/206/syriana

Filme Alternativo:

O Salário do Medo (1953) – 2h 27 min – Sinopse: Após a II Guerra, durante a Guerra Fria, a isolada cidade de Las Piedras, no meio de uma selva na América do Sul, é um autêntico refúgio para criminosos de todo o mundo. Quando um incêndio num poço petrolífero se inicia, um bando de desesperados por obter salário digno se submente à missão de transportar uma perigosa carga de nitroglicerina através das estradas de terra que cortam a selva. Durante essa longa e dura experiência, Bimba, um alemão, Luigi, um italiano, e os franceses Mario e Jo, um ex-chefão do crime, cortam estradas esburacadas, enlameadas e cheias de perigosos obstáculos, lentamente transportando nas carrocerias de dois caminhões uma tonelada de explosivos. Assim, tem início uma tensa rivalidade entre os quatro homens, que pretendem usar essa oportunidade para ganhar a vida, mas cujo resultado pode ser a morte.

Outros Filmes: Três Reis; Guerra ao Terror

13. ECONOMIA DA ERA NEOLIBERAL

O Que Você Faria? (El Método) – 1h 55 min – Sinopse: Sete executivos disputam uma única vaga em uma empresa. Eles chegam para o teste de seleção no mesmo dia em que Madri é movimentada devido a marchas de protesto contra a globalização e a política monetária do FMI, que realiza sua reunião no mesmo prédio em que eles estão. Logo, os candidatos são informados que serão submetidos a uma seleção diferente, chamada de Método Grönhom. Nele, o grupo é deixado a sós em uma sala, sendo promovidos vários testes via computador que têm por objetivo analisar a interação entre eles. De início todos acreditam ter total controle sobre seu comportamento e emoções, mas os jogos os colocam em situações-limite que, aliado ao fato de saberem estar sendo observados, os colocam em um nível de tensão insuportável.

Outros Filmes: Juventude Transviada (Rebel Without A Cause); Selvagem da Motocicleta (Rumble Fish); Diários de Motocicleta; Che; Che 2; Z (Costa Gravas); O Conformista; A Classe Operária Vai ao Paraíso; Sacco e Vanzetti; Investigação de um Cidadão Acima de Qualquer Suspeita; Bob Roberts; Sem Destino (Easy Rider); Corrida contra o Destino (Vanishing Point); Frost X Nixon; A RainhaO Corte (2004 – Costa Gravas).

14. ECONOMIA DA ERA DAS FINANÇAS

Leitura Básica: FERGUSON, Niall. A Ascensão do Dinheiro. São Paulo, Editora Planeta do Brasil, 2009. pp. 334. DVDs (300 minutos com 6 episódios de 50 minutos).

Obs.: Para ativar a legenda clique em CC.

Ler resenhas-posts sobre o livro de  FERGUSON, Niall. A Ascensão do Dinheiro: https://fernandonogueiracosta.wordpress.com/category/textos-didaticos/ 6: Mercado de TítulosMercado de AçõesMercado de SegurosMercado de PrevidênciaMercado de FuturosMercado ImobiliárioChimérica IChimérica II.

Margin Call – O Dia Antes do Fim (2011) – A produção, que concorreu ao Oscar de melhor roteiro em 2012, também conta as 24 horas que antecederam a quebra do Lehman Brothers e o que foi decidido por acionistas e gestores para evitar o caos.

Outros Filmes:

Loucura Americana (1932) – Dirigido por Frank Capra – 76min – Sinopse: Corrida bancária na Crise de 1929.

A Fraude (Rogue Trader – The Story of Nick Leeson, 1999) – 1:41 –  Sinopse: O filme conta a história de Nick Leeson, o homem que faliu o Barings Bank de Londres. Ewan McGregor faz o papel título. Em 1995, este especulador financeiro perdeu 850 milhões de libras do Barings Bank, que acabou vendido pela quantia simbólica de uma libra. Preso em Cingapura, ele escreveu as suas memórias e é nelas que o filme se baseia. A história mostra ascensão e queda de Leeson – e também sua relação com a esposa.

Wall Street – Poder e Cobiça  (1987) / Wall Street – O Dinheiro Nunca Dorme (2010) – 2:13 – Direção de Oliver Stone – Sinopse: Continuação do longa de 1987, o filme mostra Gordon Gekko de volta à liberdade depois de oito anos presos. A trama ocorre no mesmo período em que a crise financeira tem início.

Os Últimos Dias do Lehman Brothers (2009) – Longa da BBC trata dos bastidores antes da quebra do Lehman Brothers e dá destaque ao então secretário do Tesouro dos EUA, Hank Paulson. Veja o filme completo:

Trabalho Interno (2010) – Documentário sobre a crise financeira de 2008, foi o ganhador da Oscar de 2011 em sua categoria.

Grande Demais para Quebrar (2011) – Filme da HBO é baseado no livro de Andrew Ross Sorkin e enfoca as relações entre Wall Street e a política.

15. SEMINÁRIO FINAL: apresentação oral de suas respostas às seguintes questões:

  1. AVALIAÇÃO FINAL: apresentar por escrito e, oralmente, em seminário no dia 10/06/13, suas respostas às seguintes questões:
    1. ESTADO DA ARTE: Qual era o seu conhecimento sobre as Eras Econômicas antes do curso?
    2. RESUMO DO CURSO: Descrição sumária do curso através das principais características das Eras Econômicas apresentadas nos filmes.
    3. AVANÇO: Quais foram as principais lições econômicas aprendidas no(s) enredo(s) do(s) filme(s)?
    4. CONTRIBUIÇÃO PESSOAL: Qual é sua avaliação do curso? Por que? Sugestões?

Avaliação:

Escrever duas resenhas, uma no meio, outra no fim do curso, analisando o que viram de Economia nos filmes assistidos e relacionando-o com as leituras recomendadas. As questões-chave são:

  1. ESTADO DA ARTE: Qual é o olhar do roteirista sobre a história econômica, na ambientação e/ou contextualização da estória?
  2. DESCRIÇÃO / SINOPSE / RESUMO DA OBRA: O filme ilustra uma estória sobre a Economia?
  3. AVANÇO / ORIGINALIDADE: Quais são as lições econômicas apresentadas pelos personagens no enredo do filme? 
  4. CONTRIBUIÇÃO PESSOAL: Quais os conceitos econômicos apoiam (ou poderiam ajudar) as decisões dos personagens?

Post: Como Escrever Resenhas

18 thoughts on “CURSO: Economia no Cinema

  1. Brilhante ideia e achei os filmes selecionados muito bons.

    Dou duas sugestões:

    1. Ao invés de Robin Hood, Ironclad (não sei o título em português) retrata melhor o período de conflito entre nobreza e monarquia na Inglaterra medieval e a assinatura da Magna Carta e

    2. “Syriana – a indústria do petróleo” é o melhor filme (na minha humilde opinião, é claro) sobre o tema.

    Abs

    Sérgio Luiz de Cerqueira Silva

    Economista Chefe • AMCHAM BRASIL

    http://www.amcham.com.br

  2. Oi Professor
    o que acha do filme “Sarafina”, q retrata sobre o Apartheid na África do Sul?
    Infelizmente não poderei cursar essa disciplina nesse semestre =(
    torço para q seja ministrada em outros semestres!

    • Prezado Matheus,
      grato pela sugestão, eu não assisti “Sarafina”.
      Veremos o resultado do Curso “Economia / História no Cinema”, inclusive para me decidir se eu me aposento ou não. Se der certo, quero dar um curso sobre “Brasil em Filmes & Documentários” e outro sobre “Política no Cinema”.
      att.

  3. Professor!
    Não encontro a apresentação de slides da primeira aula. Ela está aqui no blog??
    Obrigada!

  4. Pingback: Storytelling e Narrativas | engenhonetwork

      • Prezado Reinaldo,
        problema típico da idade: com PSA muito alto, tenho de conferir se é câncer com biopsia da próstata.

        O fato é que dá uma certa tensão, p.ex., anteontem, dando aula à noite, de repente, o quadro e os alunos, tudo ficou sem foco! Não conseguia ler nada!
        Tive de parar de dar a aula. Ontem, fui à oftamologista, disse-me que foi “só” um espasmo acomodativo ocular.

        Descobri que a acomodação do cristalino é a contração ou o relaxamento realizado pelos músculos ciliares (que seguram o cristalino) para poder focalizar a imagem e permitir que a visualização dos objetos não fique ruim — embaçada, por exemplo.

        Quando o músculo ciliar se contrai, ele movimenta todo o corpo ciliar para frente, fazendo com que a lente aumente sua curvatura, ficando mais esférica, mais comprimida. Isto permite a observação de objetos mais próximos. Já quando o músculo ciliar relaxa, a lente se estica e fica com a curvatura menor, mais achatada, para focalizar objetos distantes.

        O olho seco é o principal sintoma da categoria ocular da CVS (Síndrome da Visão do Computador), mas nem sempre se encontra presente, em alguns casos o simples ressecamento do olho propiciado por fatores ambientais extremos que aumentem a evaporação excessiva da lágrima (ar condicionado, ventiladores, temperaturas elevadas ou umidade baixa na estação de trabalho) podem reproduzir sintomas oculares da síndrome. Hábitos inadequados de trabalho com o computador, combinados com ambientes extremos na estação de trabalho põem em risco a saúde visual e ocular dos usuários de computador.

        Grato pela atenção.
        abs

  5. Fernando,
    meu pai este ano começou a sofrer com a catarata nos olhos, ele nunca usou um computador, está com 68 anos. A idade nos traz problemas sérios de saúde, é por isso que cuido o máximo possível para não ficar com os olhos danificados. Nunca precisei usar óculos e não tenho problemas na visão. Uso um monitor de 22 polegadas com contraste e brilho calibrados para não deixar os olhos secos. Nos vários lugares onde trabalho procuro fazer o mesmo e deixo o brilho em 50% e calibro o refresh (taxa atualização de tela), pareado com a máxima resolução evitando cintilação. Para saber se o monitor está calibrado, leia um texto de umas 5 páginas, se notar cansaço visual é porque não está adequado. Para saber se a taxa de atualização da tela está normalizada, fixe o olhar para os lados do monitor e tente ver se a tela se mexe ou pisca rapidamente, um monitor com contraste equilibrado e taxa de atualização regulada, precisa se comportar como se fosse uma parede branca, sem oscilações perceptíveis.
    Boa semana e melhoras. Abs.

    • Grato, Reinaldo, pelas informações.
      Em casa, meu monitor está calibrado em menos de 50%.
      Descobri que “refresh” em iMac é Command R.
      Na sala-de-aula, o datashow do teto estava com projeção super-diminuta, embora com a regulagem no máximo. Acho que olhar para o monitor da mesa e para a tela, seguidamente, mais o stress, causaram o espasmo acomodativo.
      abs

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s