Prejuízo com Fraudes Bancárias

Captura de Tela 2013-03-18 às 14.36.30

Toni Sciarretta (FSP, 16/03/13) informa que os dez maiores bancos brasileiros perderam entre R$ 2,9 bilhões e R$ 3,1 bilhões com fraudes financeiras no ano passado, segundo estudo da consultoria Accenture. Essas perdas equivalem a 5,7% do lucro dessas instituições em 2012. Incluem desde crimes eletrônicos até assaltos a agências, desvios e fraudes internas.

Junto com a inadimplência e as ineficiências operacionais, as fraudes estão entre os maiores custos das instituições financeiras, que dificultam uma redução maior das margens nos empréstimos, segundo os bancos. No ano passado, o setor financeiro estima ter investido perto de R$ 20 bilhões em tecnologia da informação. Desse total, cerca de 20% – R$ 4 bilhões – estão relacionados à prevenção de fraudes. A maioria dos desvios é em transações por meios eletrônicos, como internet banking, cartões, caixas eletrônicos e celulares.

Os delitos são conduzidos por quadrilhas especializadas em crimes eletrônicos, que recrutam hackers profissionais (muitos deles localizados fora do país) e que são financiadas pelo narcotráfico e organizações mafiosas de alcance internacional. O crime organizado financia as fraudes eletrônicas.

O canal mais vulnerável aos ataques são os call centers, que ainda têm condições limitadas para identificar os clientes: as identidades são baseadas em dados como endereço, data de nascimento e nome dos pais, que podem ser obtidos pelas quadrilhas.

As fraudes mais comuns, no entanto, são por meio de grampos das ligações dos usuários, o que está fora do controle dos bancos e das empresas de call center.

Também cresceram no ano passado os ataques físicos aos caixas eletrônicos, que estão expostos a vandalismo e a explosivos.

Apesar de ter histórico maior de fraudes, o internet banking é hoje um dos canais mais seguros para as transações eletrônicas nos bancos, que investiram em tokens (aparelho que emite senhas aleatórias) e em uma série de cruzamento de dados para evitar ataques.

A maior vulnerabilidade dos sites dos bancos, no entanto, são os ataques por sobrecarregamento de usuários, como os que “tiraram do ar” no ano passado os sites das principais instituições.

O ataque não chega às transações propriamente ditas, mas às homepages dos bancos, que recebem milhões de acessos simultâneos a ponto de ficarem lentos ou inacessíveis por horas.

A bancarização e a expansão rápida dos meios eletrônicos colocaram o Brasil no mapa internacional das fraudes eletrônicas. Mas o Brasil não é inferior em nada em relação aos demais países na prevenção e na tecnologia utilizada para coibir os fraudadores.

Por outro lado, a área bancária é recordista em reclamações nos Procons. Há medidas em Defesa do Consumidor que são apenas reedição de normas já existentes e que não são cumpridas. É o caso da obrigatoriedade de divulgação do custo efetivo total embutido nos empréstimos.

A exigência já existe desde 2007. Agora, para conseguir fiscalizar seu cumprimento, o BCB quer que os bancos adicionem a planilha ao contrato assinado pelo cliente.

A maior novidade para o setor financeiro é a criação de três novas modalidades de pacotes de tarifas de serviços oferecidos pelos bancos. Atualmente, eles já são obrigados a assegurar aos clientes alguns serviços gratuitos. Os novos pacotes serão cobrados dos clientes. O objetivo é ter uma padronização para que o consumidor possa comparar os preços.

Captura de Tela 2013-03-18 às 14.36.54

2 thoughts on “Prejuízo com Fraudes Bancárias

  1. Perfeito sua pesquisa, me ajudou demais… estou fazendo um trabalho sobre prevenção de fraude nas organizações de call center… o trabalho falará sobre os clientes que se passam por outras através do call center para conseguir emprestimos. Seu artigo me ajudou demais.

  2. Pingback: Blog do Márcio d'Ávila » Fraudes bancárias e o guardião de internet banking

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s