Por Que Ler?

2011_Julho_07_Folha-de-SP_Ilustrada_E6

Ninguém deveria ser obrigado a “gostar de ler”. Nada desestimula mais a se aproximar de um livro do que tais pressões. Que cada um seja livre para preferir os trabalhos manuais, os esportes ou o jogo à leitura e/ou à escrita. Estamos, nesse caso, no campo dos “lazeres”, socialmente construído, onde as inclinações pessoais prevalecem. Todavia, cada um deveria poder ter a experiência de que a apropriação da cultura escrita é desejável, e de que ela é possível, por pelo menos três motivos. Continue reading “Por Que Ler?”

Como Resistir à Adversidade Lendo e Escrevendo

A Arte de Ler

Michèle Petit dá lições sobre “A arte de ler: ou como resistir à adversidade”. É melhor iniciar lendo textos que não fazem referência direta ou explícita à situação dos leitores. Os protagonistas dos textos escritos para pobres lerem não podem ser pobres! Livros que só falam de infelicidade e desgraças, empregando um léxico cru, próximo do que utilizam esses pobres, são proximidade demais. Diante de tanta desolação, os pobres interrompem a leitura.

Quando são iniciados nos diferentes gêneros literários, a rejeição ao realismo é explicitamente formulada. O realismo já sabem o que é, e não lhes agrada. Porém, se a rejeição ao realismo parece amplamente compartilhada quando este não permite nenhum distanciamento, nenhum exílio, nenhuma saída, em certos contextos, combinado a outros escritos de ficção, contribui para uma formalização do que foi dolorosamente vivido.

Em contextos de crise, a leitura de um conto, de uma lenda, de um poema, de um livro ilustrado pode permitir falar as coisas de outra maneira, a uma certa distância — particularmente no caso daqueles que viveram uma guerra, uma catástrofe, um trauma. Um pouco por toda a parte, reconhece-se a importância da mediação de um texto estético reconhecido, compartilhado, de modo a objetivar a história pessoal, a circunscrevê-la do exterior. É necessário destacar a força da metáfora, do desvio mediante o distanciamento temporal ou geográfico. Continue reading “Como Resistir à Adversidade Lendo e Escrevendo”