Por que as taxas de juros estão tão baixas (no Resto do Mundo)? Por que o dólar está tão forte?

Juro no Brasil X EmergentesDólar X CommoditiesDesempenho das Moedas Emergentes até 15.05.15 Recuperação dos EUADentro deste dossiê sobre o (triste) Estado do Mundo, leia mais dois artigos de Martin Wolf, editor e principal analista de economia do FT (Financial Times). Enquanto os cronistas escrevem claramente em jornais, os economistas acâdemicos insistem em provar que “ser academicista é acreditar que acúmulo é aprofundamento e que chatice [da literatura acadêmica] é precisão”…

Por que as taxas de juros estão tão baixas? A melhor resposta é que os países avançados ainda estão em uma “depressão administrada”. A doença é grave. Não vai ser curada tão cedo.

É possível identificar três aspectos indicando que as taxas de juros dos papéis considerados “seguros” nas principais áreas monetárias de alta renda (Estados Unidos, região do euro, Japão e Reino Unido) estão excepcionalmente baixas.

  1. Primeiro, as taxas de intervenção de curto prazo dos bancos centrais estão em 0,5% ou menos.
  2. Segundo, os rendimentos dos títulos governamentais convencionais de longo prazo estão extremamente baixos: os títulos alemães de 30 anos rendem 0,7%; os japoneses, perto de 1,5%; os do Reino Unido, 2,4%; e os dos EUA, 2,6%.
  3. Por fim, as taxas de juros reais de longo prazo são desprezíveis: os “gilts” britânicos de dez anos atrelados a índices rendem menos 0,7%; os equivalentes dos Estados Unidos rendem mais, mas ainda assim uma taxa positiva de apenas 0,4%.

Se você dissesse há dez anos que esta seria a realidade de hoje, a maioria das pessoas teria concluído que você estava louco. A única forma de que você estivesse certo seria que a demanda, produção e inflação ficassem profundamente deprimidas – e houvesse expectativa de que continuassem assim.

Efetivamente, o fato de fortes programas de estímulos monetários terem resultado em aumentos tão parcos da produção e da inflação indica o grau de fraqueza das economias. Hoje, contudo, ouvimos uma explicação diferente para as taxas de juros estarem tão baixas: a culpa é da política monetária – e, em especial, do afrouxamento monetário quantitativo, a compra de ativos de longo prazo pelos bancos centrais. Essa “impressão de dinheiro” é considerada especialmente irresponsável.

Continue reading “Por que as taxas de juros estão tão baixas (no Resto do Mundo)? Por que o dólar está tão forte?”