Dúvida, Imprecisão, Ambiguidade e Aleatoriedade

birdsQuando Gustavo de Oliveira Aggio, em sua Tese de Doutorado, Análise Sistêmica Para Fenômenos Monetários, aplica a modelagem baseada em agentes, torna-se possível dosar o ambiente de maior ou menor incerteza em vários aspectos tais como:

  • a presença, intensidade e variação de choques exógenos, ou ainda
  • a ambiguidade definida pela capacidade limitada de apreensão do ambiente pelos agentes.

Isso lhe possibilita um relativo controle, ou seja, pode comparar ambientes e configurações com relação ao grau de incerteza. O grau de incerteza pode ser definido, ao menos em parte, pela própria configuração do agente. Por exemplo, basta comparar a dinâmica associada a agentes que utilizam expectativas racionais e agentes com estratégias mais indutivas em um mercado de ações.

Em sua tese, Aggio quer destacar um aspecto específico da incerteza, aquele que ocorre porque os agentes podem ter dúvida, isto é, ter um baixo grau de confiança, em suas estratégias de tomada de decisão. Para tanto, ele emprega a Teoria da Lógica Fuzzy e dos conjuntos probabilísticos para delimitar e explorar a dinâmica em um ambiente em que a imprecisão e/ou a ambiguidade afetam a percepção das variáveis econômicas e, consequentemente, a tomada de decisão.

A aleatoriedade, por sua vez, é a variável fundamental que possibilita materializar a presença de imprecisão e ambiguidade na tomada de decisão dentro dos modelos, além de ser a variável que permite considerar o conjunto de equações à diferença, ou seja, o sistema determinístico que configura a simulação como um sistema aberto.

É possível a aplicação da lógica fuzzy na teoria da demanda especulativa de moeda de Keynes. Como se sabe, uma vez que a taxa de juros de um ativo financeiro como um título soberano, por exemplo, for prefixado, o preço do mesmo no mercado secundário será inversamente proporcional à taxa de juros corrente. Se a taxa de juros é elevada, devido à “marcação-a-mercado”, todos os títulos disponíveis no mercado secundário com menores taxas são depreciados, porque o ofertante de títulos está aceitando uma quantidade menor de moeda por um mesmo fluxo futuro de rendimentos. Em outras palavras, o valor de desconto do futuro custo de oportunidade elevou-se e, portanto, o valor presente do título financeiro, em caso de resgate antecipado, diminuiu.

Keynes construiu o conceito de demanda especulativa de moeda expondo o fato de haver um nível seguro, um limite, para a taxa de juros. O agente que retém moeda, por preferência pela liquidez, ao invés de comprar um título, está abrindo mão do retorno da taxa de juros. Isto será racional na medida em que elevações na taxa de juros forem esperadas. O nível seguro da taxa de juros é aquele no qual a taxa não é suficientemente baixa para que sejam esperadas elevações subsequentes.

A variável “taxa de juros suficientemente baixa”, porém, não é uma noção precisa. Não só diferentes agentes podem avaliar uma mesma taxa como suficiente ou não suficientemente baixa, como variações muito pequenas podem ser interpretadas com alguma ambiguidade por um mesmo agente.

Por exemplo, uma taxa de 20% ao ano pode ser observada como muito semelhante à taxa 19,99% ao ano, na mesma medida em que esta taxa pode ser muito semelhante à taxa 19,98% ao ano e assim por diante. Se variações de 0,01% são imperceptíveis, de modo que o agente não distingue taxas separadas por esta variação ao avaliar se uma taxa é suficientemente baixa, nós chegaríamos, por transitividade, a um resultado lógico que nos informa ser a taxa de 20% indistinguível da taxa limite de 0% ao ano.

Obviamente, este resultado contradiz as noções econômicas. Entretanto, sem o uso da lógica fuzzy nós teríamos que delimitar um patamar arbitrário para separar as categorias, o que seria igualmente irrealista do ponto de vista econômico. Nesse caso, devemos perguntar em que momento uma variação de 0,01% tornou a taxa de juros anual suficientemente baixa. De modo geral: em um sistema onde variações mínimas são imperceptíveis é possível estabelecer categorias ou limites bem definidos?

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s