FinTechs e Gestão da Sobra de Recursos: Poupança ou Investimento Financeiro?

Sobra de RecursosO aplicativo de Finanças Pessoais Guia Bolso foi criado por uma das startups brasileiras na área de tecnologia financeira, as chamadas fintechs. O cofundador do GuiaBolso quer adicionar novas funcionalidades ao aplicativo e continuar aumentando sua base de usuários. Desde o lançamento do aplicativo, em agosto do ano de 2014, o número chegou a 1 milhão. A meta agora é atingir 5 milhões até o fim do ano que vem. Até lá, o número de funcionários da empresa pode mais que dobrar, chegando a 100 pessoas. “Assim como as pessoas olham o Waze para saber do trânsito, queremos que elas usem o GuiaBolso para cuidas das finanças”, disse o executivo.

Entre os propulsores do crescimento, destaca-se o cenário econômico do país, que faz com que os consumidores busquem mais informações e conhecimento sobre serviços financeiros. Os brasileiros necessitam entender como podem usar da melhor forma as opções que têm para proteger e ampliar seu patrimônio.

A diferença do GuiaBolso para outros aplicativos de finanças pessoaisa possibilidade de fazer uma ligação direta com contas de bancos. Assim, não é preciso cadastrar manualmente os gastos. O próprio aplicativo puxa as informações e calcula receitas e gastos.

Entre as novidades que podem ser desenvolvidas, destaca-se a oferta de serviços financeiros como empréstimos e seguros com base no perfil do usuário. A ideia é fazer isso por meio de parcerias com outras bancos e seguradoras. A agência tem um alcance limitado, não atende todo mundo. Os bancos estão enxergando que existe espaço para esse tipo de parceria.

Outros aplicativos disponíveis na web:

NuBank, que faz um cartão de crédito totalmente administrado por meio de um aplicativo;

BankFacil, que faz empréstimos com garantia de bens como carros e imóveis.

Mint.com, a versão americana do GuiaBolso

Endeavor, 10 ferramentas para empreendedores.

5 thoughts on “FinTechs e Gestão da Sobra de Recursos: Poupança ou Investimento Financeiro?

      1. Fernando,
        Ainda que não haja garantia absoluta, confio no meu banco (BB), inclusive porque se ele romper o sigilo poderá ser processado (como você sabe). Já este App, qual a garantia, como a legislação irá proteger os dados que eles disporão? Eu devo sim, inclusive por conta dos atuais juros estratosféricos, mas não creio que isto me faça temer mais ou menos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s