Economia na Literatura

Obs.: legendas em inglês disponíveis no canto inferior direito.

Sara Thornton, professora de Inglês na Universidade Paris Diderot e especialista em literatura do século 19, explica como obras de ficção são mais do que simplesmente instrução ou entretenimento. Eles são janelas para a vida econômica dos seres humanos e fornecem ilustrações úteis da “teoria econômica em ação.” Como ela explica, literatura fornece uma maneira para que o público se conectar emocionalmente com as experiências das pessoas relativas a mercadorias, mercados e as divisões de classe, e também para seus papéis como consumidores, trabalhadores e produtores.

Thornton nos leva para dentro do mundo da ficção vitoriana, onde escritores como Zola, Gaskell, e Dickens desafiaram a industrialização e dramatizaram as teorias da oferta e demanda, a infra e a superestrutura, e a alienação do trabalho. Para os estudantes de história econômica, essas obras mostram como as forças grandes, complexas e invisíveis de repente puderam entrar em erupção no cotidiano das pessoas comuns. Quanto à forma do próprio romance, Thornton observa, evoluiu como um desafio para enfrentar a desigualdade na distribuição de informações de forma barata para se tornar acessível às pessoas com poucos recursos econômicos e falta de educação formal que puderam digerir pedaços menores de texto através de serialização em capítulos, de forma semelhante ao que hoje é a experiência dos leitores na internet.

Lições econômicas da literatura não vêm apenas de livros de autoria de “homens brancos mortos”, enfatiza Thornton, mas a partir de herdeiros da novela como as séries de televisão contemporânea e cinema. Ambos constituem obras populares e canônicas que oferecem espaço para nascer e sobreviver contra-narrativas face ao pensamento econômico mainstream. Se quisermos compreender as realidades econômicas, diz Thornton, o conhecimento técnico não é suficiente. Contar histórias e oferecer narrativas, seja via literatura, seja via cinema, visam dar às pessoas o conhecimento e o poder para mudarem o mundo!

Fonte: What can economists learn from Literature

Um livro interessante de Introdução à Economia com base em Contos e outras Obras de Literatura é: http://www.fhi.org.hn/images/Libros/185-martin-krause-la-economia-explicada-a-mis-hijos.pdf

O título original que o autor, Martín Krause, queria colocar era: O Conto da Economiacom um sentido irônico…

Obs.: legendas em espanhol disponíveis no canto inferior direito.

3 thoughts on “Economia na Literatura

  1. De todas as mentiras, a literatura é a minha preferida, pois nos traz o mundo em sua complexidade e completude!

    1. Prezada Sônia,
      qual é a Verdade? Quem é o dono da Verdade?

      O Mestre, assim como o autor de Literatura ou o roterista de Filme, nos ensina o eterno caminho para a inalcançável Verdade…

      Temos de continuar a percorrer esse caminho, mesm sabendo que não chegaremos a esse destino.
      att.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s