O Retrato de Doria Grey

grafiteiro

Avenida Paulo VI, sem número, Sumaré. Foto por André Deak para o Arte Fora do Museu (http://www.arteforadomuseu.com.br)
Avenida Paulo VI, sem número, Sumaré. Foto por André Deak para o Arte Fora do Museu (http://www.arteforadomuseu.com.br)

grafite-mulher

O Retrato de Dorian Gray ofendeu a sensibilidade moral dos críticos literários britânicos. Alguns dos quais disseram que Oscar Wilde merecia ser acusado de violar as leis que protegiam a moralidade pública.

O novo prefeito de Sampa, o Mauricinho, será doravante conhecido como “Doria Grey“. Falta-lhe, pelo menos, uma pitada de Cultura & Cidadania. Segundo Eliene Percília da Equipe Brasil Escola.com, a arte do grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos. A definição mais popular diz que o grafite é um tipo de inscrição feita em paredes.

Existem relatos e vestígios dessa arte desde o Império Romano. Seu aparecimento na Idade Contemporânea se deu na década de 1970, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Alguns jovens começaram a deixar suas marcas nas paredes da cidade e, algum tempo depois, essas marcas evoluíram com técnicas e desenhos.

Principais termos e gírias utilizadas nessa arte de rua:

Grafiteiro/writter: o artista que pinta.
• Bite: imitar o estilo de outro grafiteiro.
Crew: é um conjunto de grafiteiros que se reúne para pintar ao mesmo tempo.
Tag: é a assinatura de grafiteiro.
Toy: é o grafiteiro iniciante.
Spot: lugar onde é praticada a arte do grafitismo.

O grafite está ligado diretamente a vários movimentos, em especial à cultura Hip Hop. Para esse movimento social, o grafite é a forma de expressar toda a opressão que a humanidade vive, principalmente os menos favorecidos, ou seja, o grafite reflete a realidade das ruas.

grafite-mulherO grafite foi introduzido no Brasil, no final da década de 1970, em São Paulo. Os brasileiros não se contentaram com o grafite norte-americano, então começaram a incrementar a arte com um toque brasileiro. O estilo do grafite brasileiro é reconhecido entre os melhores de todo o mundo.

grafiteMuitas polêmicas giram em torno desse movimento artístico, pois:

  • do lado “mortadela”, o grafite é apreciado por sua qualidade artística, e
  • do outro lado “coxinha”, não passa de poluição visual e vandalismo.

A elite socioeconômica inculta brasileira resume tudo caracterizado pelo ato de escrever em muros, edifícios, monumentos e vias públicas à pichação ou ao vandalismo. É muito burra! Come angu e arrota peru!

Essa elite burra, tipo o Doria Grey, é descendente daqueles que, no passado, perseguiam sambistas como fossem vagabundos…

doria-grey

4 thoughts on “O Retrato de Doria Grey

  1. Arte e vandalismo podem andar juntos, realmente. No caso, muitos grafites e/ou pichações em São Paulo foram feitos em locais INADEQUADOS, públicos, proibidos. Alguns deles estavam deteriorados e, por isso foram cobertos de tinta cinza; a própria prefeitura reconheceu a “monotonia” e já comunicou que alguns locais (sim, alguns, porque nem todos os lugares são permitidos) terão novos grafites.
    Se gosta tanto desse tipo de arte feito em qualquer lugar, sem permissão, deixe que façam uma na parede externa de sua casa. Esse ataque sem sentido da esquerda petista para como a esquerda do PSDB já passou do bom senso, virou ataque por ataque. Não sou de partido algum, inclusive votei no Lula e Dilma nas últimas eleições, mas o Dória, até o momento, está fazendo um excelente trabalho! Pichador tem de pagar por vandalizar a cidade (como quem joga lixo no chão, por exemplo) e o grafiteiro deve fazer sua arte onde for permitido.

    1. Ora, se o Doria Grey estudar arte contemporânea, buscando um pouco de cultura, deixará de ser ignorante moralista!

      Depois de se tornar uma pessoa culta, a pessoa toma partido de maneira consciente!

      Pichar é criticar para difamar. Fazer rabiscos com dizeres ou mensagens em paredes, muros ou qualquer fachada — denominado de “pixo” — é diferente de grafitar. Mas é uma expressão contemporânea por parte de uma camada da população.

      Assim como muitos estrangeiros, eu adoraria que os Gêmeos fizessem um grafite no muro de minha casa!

      Mas a discussão não é essa, mas sim o arbítrio autoritário do Doria Grey. Ele anunciou com todas as letras, durante a campanha, que apagaria todos os grafites se fosse eleito prefeito de SP? Você mesmo não sabe distinguir grafite de “pixo”?

      E você acha que ele foi eleito pela “higienização” de SP ou pelo antipetismo de pessoas incultas, falsos moralistas e apartidárias?

    1. Realmente! Eu, por exemplo, como desenhista, designer gráfico e admirador de artes, adoro grafites! Mesmo assim, a arte é subjetiva. Agora, independentemente de ser pichação ou grafite, fazê-los em local inapropriado sem permissão é vandalismo!
      Concordo que houve exagero do Doria na “limpeza” e que comprou uma guerra desnecessária com pichadores, grafiteiros e muralistas. Ponto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s