Do Simples ao Complexo: Inverso do desafio de ir da Complexidade à Simplicidade

corruptor

José Arthur Giannotti, em “Comte: Vida e Obra” (Os Pensadores. São Paulo; Abril Cultural; 1983), indica que a classificação das ciênciassegundo tema básico da filosofia comteana — vincula-se à Filosofia da História.

Ao traçar o mapa do desenvolvimento histórico do espírito, em sua caminhada para a apreensão da realidade, Comte mostra que a evolução de cada ciência obedece à periodização dos três estados, mas que essa periodização não se faz ao mesmo tempo em todos os domínios: o estado metafísico de uma ciência como a Física, por exemplo, não é contemporâneo do estado metafísico da Biologia.

Além disso, o desenvolvimento das ciências é assintótico, isto é, elas jamais atingem a compreensão absoluta dos seus objetos respectivos.

Segundo Comte, as ciências classificam-se de acordo com a maior ou menor simplicidade de seus objetos respectivos. A complexidade crescente permite estabelecer a sequência: Matemáticas, Astronomia, Física, Química, Biologia e Sociologia.

  • As Matemáticas possuem o maior grau de generalidade e estudam a realidade mais simples e indeterminada.
  • A Astronomia acrescenta a força ao puramente quantitativo, estudando as massas dotadas de forças de atração.
  • A Física soma a qualidade ao quantitativo e às forças, ocupando-se do calor, da luz, etc. que seriam forças qualitativamente diferentes.
  • A Química trata de matérias qualitativamente distintas.
  • A Biologia ocupa-se dos fenômenos vitais, nos quais a matéria bruta é enriquecida pela organização.
  • A Sociologia, finalmente, estuda a sociedade, onde os seres vivos se unem por laços independentes de seus organismos.

A Sociologia é vista por Comte como “o fim essencial de toda a Filosofia Positiva”.

Matemática, Astronomia, Física, Química e Biologia atingem o Estado Positivo antes da Sociologia, mas, permanecendo adstritas a parcelas do real, não conseguem instaurar a Filosofia Positiva em sua plenitude. A totalização do saber somente poderia ser alcançada através da Sociologia, na qual culminaria a formulação de “um sistema verdadeiramente indivisível, onde toda decomposição é radicalmente artificial (…), tudo relacionando-se com a Humanidade, única concepção completamente universal”.

A Sociologia é entendida por Comte no mais amplo sentido da palavra, incluindo uma parte essencial da Psicologia, toda a Economia Política, a Ética e a Filosofia da História.

Da mesma forma como protesta contra a abordagem dos fenômenos psicológicos individuais independentemente do desenvolvimento mental da raça humana, Comte opõe-se também ao isolamento da Política e da Ética em relação à Teoria Geral da Sociedade. Comte ressaltou ainda que os objetos das Ciências Sociais não devem ser tratados independentemente do curso de desenvolvimento revelado pela História.

Aspecto fundamental da Sociologia comteana é a distinção entre:

  1. a estática social: estudaria as condições constantes da sociedade;
  2. a dinâmica social: investigaria as leis de seu progressivo desenvolvimento.

A ideia fundamental da estática é a ordem; a da dinâmica, o progresso.

Para Comte, a dinâmica social subordina-se à estática, pois o progresso provém da ordem e aperfeiçoa os elementos permanentes de qualquer sociedade:

1. religião,

2. família,

3.propriedade,

4. linguagem,

5. acordo entre poder espiritual e temporal, etc.

Esses componentes de um Sistema Complexo interagem entre si, de maneira dinâmica, propiciando a emergência de uma auto organização passível de ser examinada a cada momento em diferentes escalas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s