Concentração de Renda devido à Desigualdade Educacional

A renda média de pessoas com diploma universitário é pelo menos duas vezes maior quando comparado ao grupo daqueles que interromperam os estudos no ensino médio. Na faixa etária de 30 a 39 anos, o rendimento mensal das pessoas com ensino médio é de R$ 1,8 mil. Esse salário salta para R$ 4,7 mil quando se tem uma diploma de ensino superior, segundo informações do estudo “Valor Análise Setorial – Ensino Superior“, que foi lançado e custa R$ 3.400,00.

A renda dobra já nos primeiros anos da faculdade ou logo após a conclusão do curso. A grande diferença de salário entre as pessoas com e sem diploma universitário se mantém até a aposentadoria. Entre 50 e 64 anos, o rendimento das pessoas que se formaram atinge R$ 7 mil, quase três maior comparada com a de R$ 2,4 mil de quem só tem o segundo grau médio concluído.

Segundo o Ministério da Educação (MEC) havia, em 2015, pouco mais de 6,6 milhões de universitários em instituições privadas e públicas no país. No entanto, apenas 34,6% da população com idade entre 18 e 24 anos têm diploma de ensino superior. Os percentuais mudam de acordo com a classe social:

  • No grupo dos 25% mais ricos, 85% deles têm ensino superior.
  • No grupo dos 25% mais pobres, somente 12,3% têm diploma universitário.

Há uma demanda potencial de 10,341 milhões de alunos, sendo 2,2 milhões de estudantes que frequentam o ensino médio e mais 8,1 milhões com o ensino médio concluído.

Observa-se a formação de analistas e/ou estrategistas em Ciência Política, Ciências Sociais e Economia, predominantemente, em Universidades Públicas. Já a formação de gestores, advogados, gerenciamento e administração — talvez por ser ensinada por “homens práticos” e com custo mais barato — se dá em Privadas.

De acordo com o Censo de 2010 (fonte do primeiro quadro acima), 9.501.162 pessoas tinham o diploma universitário, sendo 8.979.706 graduados, 451.209 com Mestrado e 70.247 com Doutorado. Com maior massificação do Ensino Superior, havia em 2015 cerca de 7,8 milhões de estudantes universitários, considerando também o EaD (Ensino à Distância), sendo ¾ em Instituições de Ensino Superior privadas pagas. Em Faculdades privadas, ¾ das matrículas de graduação presencial são em cursos noturnos.

Cerca de um milhão desses universitários se tornam concluintes a cada ano, desde 2010, sendo 44% em áreas de Ciências Sociais, Negócios e Direito. Essas áreas eram escolhidas por 40% dos matriculados.

Considerando o total de trabalhadores ocupados, em 2010, 14,3% tinham graduação e 1% pós-graduação. Entretanto, no top 1% mais rico, 62,4% eram graduados, e 14,4% pós-graduados, ou seja, 76,8% das pessoas mais ricas no Brasil tinham Curso Superior, embora elas fossem apenas 15,3% da população ocupada. Então, a chance de chegar ao top 1% é muito maior tendo um curso universitário.

Entre os formados no Ensino Superior, ¼ são profissionais ocupados na área de Administração, Negócios e Economia. Embora nesta área estejam 15,4% do top 1% mais rico, apenas 4,3% deles (2,274 milhões) atingiram esse nível de renda. Por sua vez, 29% dos 241,5 mil médicos existentes em 2010 chegaram ao top 1%. Eles eram 11,1% dos mais ricos.

Em comparação, só 14% dos adultos entre 25 e 64 anos haviam concluído o ensino superior no Brasil em 2015. Nos países da OCDE, eram 35%.

Em consequência, aqui, um trabalhador graduado ganha mais que o dobro de um que tenha concluído apenas o ensino médio. Quem completa mestrado ou doutorado, ganha mais de quatro vezes do que aqueles que concluíram até o ensino médio. Por causa da escassez de trabalhadores intelectuais em relação a trabalhadores manuais, o leque salarial no Brasil é muito mais aberto em relação ao dos países da OCDE.

Exemplos de condições médias de trabalho de algumas carreiras em 2010:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s