Casta dos Mercadores-Financistas no Poder: Em Defesa do seu Capital Financeiro

Estevão Taiar (Valor, 17/07/17) informa que os gastos do governo federal com o financiamento da dívida pública devem ser quase nove vezes maiores do que os investimentos realizados pelo Executivo nacional neste ano. A estimativa é que as despesas com o financiamento cheguem a R$ 379 bilhões até o fim de 2017, enquanto os investimentos não passarão de R$ 44 bilhões. Se confirmada, essa será a segunda maior diferença entre as duas rubricas desde 2007.

Os cálculos estão em boletim produzido por Antonio Corrêa de Lacerda, coordenador do programa de pós-graduação em economia política da PUC-SP, e André Paiva Ramos, mestre em economia política também pela PUC-SP. Eles trabalham com um cenário em que a Selic, atualmente em 10,25%, chegará a 8% no fim do ano. Continue reading “Casta dos Mercadores-Financistas no Poder: Em Defesa do seu Capital Financeiro”