Cruzeiro em Ascensão no Ranking do Futebol Brasileiro

Ao ganhar o penta da Copa do Brasil, no dia 27 de setembro de 2017, sobre o Flamengo, no Mineirão, o Cruzeiro alcançou seu nono título nacional. Além das edições de 1993, 1996, 2000, 2003 e 2017 do torneio de “mata-mata” (desclassificatório em dois jogos de ida-e-volta), passando por todas as rodadas, o clube venceu os Campeonatos Brasileiros de 1966, 2003, 2013 e 2014.

Agora, a Raposa ocupa o segundo lugar no ranking dos maiores campeões nacionais do país, ao lado de Santos e Corinthians, também com nove conquistas. O Palmeiras lidera isolado, com 12. Porém, analisando por décadas (timeline), Santos e Palmeiras tiveram maior glória no passado (anos 60s) do que no presente. O Cruzeiro e o Corinthians são times em ascensão. Analise abaixo a concentração econômica estadual – e entenda o desafio maior do time do povo mineiro.

O Palestra Itália paulista está se reerguendo depois que contratou o ex-diretor de futebol e ex-jogadores do Cruzeiro. Em uma análise isenta e imparcial de torcedor celeste, ele é o Cruzeiro B!

O Cruzeiro deixou para trás justamente o Flamengo, terceiro colocado, com oito taças reconhecidas pela Confederação Brasileira de Futebol (5 Brasileiros e três Copas do Brasil). Foi merecido o título porque ele venceu quatro equipes — São Paulo, Palmeiras, Grêmio e Flamengo, além da Chapecoense e três outros times menores — com melhor ranking do que as que o Flamengo desclassificou: Atlético-GO, Santos e Botafogo. As duas torcidas são “irmãs” e vibraram com a final juntas e em paz.

Os 10+ do ranking do futebol brasileiro são quatro times de São Paulo, três times do Rio de Janeiro, dois times do Rio Grande do Sul e o grande time de Minas Gerais: o Cruzeiro. Eles ganharam mais de quatro campeonatos e/ou copas em nível nacional da Série A.

O nono título nacional levou a torcida cruzeirense a provocar os rivais atleticanos com memes de 9 a 2, já que o rival tem no currículo um Brasileiro, de 1971, e uma Copa do Brasil, de 2014. Até então, eram os alvinegros que usavam o 9 a 2 em tom de deboche, por conta da goleada do Galo sobre o Palestra Itália em 1927! Esse é o maior placar do clássico mineiro, quando o Cruzeiro com o nome anterior de Palestra Itália era praticamente amador, criado por operários italianos imigrantes.

Recentemente, o maior placar é Cruzeiro 6 X Atlético 1. Por isso, quando a TV focaliza a torcida do Cruzeiro, ela faz o gesto de aplicar a palma da mão e mais um dedo. Agora, os torcedores do Galo não mais recordarão 1927. Snif, snif… 🙂

A campanha
Primeira fase
Volta Redonda-RJ 1 x 2 Cruzeiro – 15/02/2017 – Raulino de Oliveira
Segunda fase
Cruzeiro 6 x 0 São Francisco-PA – 22/02/2017 – Mineirão
Terceira fase
Murici 0 x 2 Cruzeiro – 08/03/2017 – José Gomes
Cruzeiro 3 x 0 Murici – 15/03/2017 – Mineirão
Quarta fase
São Paulo 0 x 2 Cruzeiro – 13/04/2017 – Morumbi
Cruzeiro 1 x 2 São Paulo – 19/04/2017 – Mineirão
Oitavas de final
Cruzeiro 1 x 0 Chapecoense – 03/05/2017 – Mineirão
Chapecoense 0 x 0 Cruzeiro – 01/06/2017 – Arena Condá
Quartas de final
Palmeiras 3 x 3 Cruzeiro – 28/06/2017 – Allianz Parque
Cruzeiro 1 x 1 Palmeiras – 26/07/2017 – Mineirão
Semifinal
Grêmio 1 x 0 Cruzeiro – 16/08/2017 – Arena do Grêmio
Cruzeiro 1 (3 x 2) 0 Grêmio – 23/08/2017 – Mineirão
Final
Flamengo 1 x 1 Cruzeiro – 07/09/2017 – Maracanã
Cruzeiro 0 (5 x 3) Cruzeiro – 27/09/2017 – Mineirão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s