Yuval Noah Harari: Homo Sapiens e o Futuro da Historia da Humanidade

Renderização em 3D de um robô humanoide tentando solucionar um quebra-cabeça tridimensionalInteligência artificial está sendo vista como uma ameaça aos empregos dos animais humanos. O que fazer?

Os avanços em tecnologia, genética e inteligência artificial podem transformar a desigualdade econômica em desigualdade biológica?

O autor e historiador Yuval Noah Harari se fez essa pergunta. Professor de História na Universidade Hebraica de Jerusalém, ele estuda o passado para olhar para o futuro. Autor de dois best-sellers, Sapiens: Uma breve história da humanidade (editora L&PM)e Homo Deus: Uma breve história do amanhã (editora Companhia das Letras), Harari foi entrevistado pelo programa The Inquiry, da BBC, sobre a possibilidade de a tecnologia alterar o mundo e a espécie humana.

Leia abaixo o depoimento do professor à BBC: Continue reading “Yuval Noah Harari: Homo Sapiens e o Futuro da Historia da Humanidade”

Memória Curta ou Falseamento da História Recente: Pós-Verdade

O afã direitista de “queimar” a imagem da candidatura mais popular — a do Lula (PT) — apela para tudo que tiver ao seu alcance. Antes do golpe, tudo de ruim era “culpa da Dilma e/ou da Nova Matriz Macroeconômica”. Agora, como não consegue mostrar nenhum indicador social positivo durante o governo golpista, deseja recontar a história de outra maneira da que foi a vivência da maioria da população em uma “pós-verdade”. Quer provar contra a maioria da opinião pública — como ela tivesse “memória curta” — que sua boa lembrança da Era Social-Desenvolvimentista é falsa!

Veja a narrativa histórica em que o antipetista Vinicius Torres Freire (FSP, 01/10/17) faz em enorme esforço para deturpar o que houve de bom no que chama de “anos petistas” como fosse um mero ilusionismo. Para análise de sua parcialidade, reproduzo seu artigo abaixo. O que interessa são os dados, embora ele se esforce, não é possível brigar contra os números oficiais.

Continue reading “Memória Curta ou Falseamento da História Recente: Pós-Verdade”