Entrevista de Fernando Nogueira da Costa na TV 247

Obs.: avance o cursor para o sexto minuto, quando se inicia a entrevista concedida à TV 247.

Reproduzo abaixo um artigo onde resumi uma das ideias apresentadas.

Hoje, o pagamento feito pelos canais bancários é por meio de débito em conta corrente via TED ou DOC. O valor chega ao destinatário no mesmo dia, se feito no horário definido pelos bancos, das 6h30 às 17h, em dias úteis. Pode levar de 5 a 30 minutos. A transferência custa ao cliente uma tarifa definida por banco ou por transação, ou, ainda, em pacotes oferecidos de acordo com o perfil de cada cliente.

O preço de cada transação deverá ser reduzido para centavos, quando um sistema de pagamentos instantâneos permitir redução de custos fixos, porque o custo marginal digital é quase zero. A operação será completada em até 10 segundos. Poderá ser feita 24 horas por dia, sete dias por semana, durante o ano todo.

Substituirá os pagamentos em espécie feito pessoa a pessoa. Uma informa a opção de pagamento e o valor da compra em seu celular, outra seleciona no seu smartphone o cartão a ser utilizado e a forma de pagamento: débito ou crédito. Aproxima o celular do outro e digita a senha do seu cartão. Pronto, pagamento já realizado!

Além da concessão ou tomada de crédito, duas outras funções básicas dos bancos – essa de viabilizar um sistema de pagamentos de varejo instantâneo e outra de captar ou oferecer oportunidades de investimentos financeiros aos seus clientes – justificam retomar o programa de “bancarização”, adotado no primeiro governo Lula, isto é, conceder acesso popular a bancos.

O UPI é uma solução mobile de pagamento instantâneo, utilizada para efetuar transferências interbancárias de pessoa para pessoa e pagamentos de comerciantes. O sistema foi desenvolvido em abril 2016 pelo National Payments Corporation of India (NPCI). Hoje, um a cada dois indianos possuem uma conta na plataforma.

Na China, o WeChat transformou os pagamentos. Lá não se anda mais com cartão de crédito e/ou papel-moeda. Há bares e restaurantes, inclusive, onde nem precisa fazer o pedido para um garçom, basta escanear um código QR da mesa, escolher o desejado, pagar pelo seu dispositivo móvel e recebe o desejado em sua mesa.

Mais de 4 mil suecos implantaram microchips em suas mãos. Isso lhes permite pagar por viagens de trem e comida, ou entrar em escritórios sem chave, com um aceno. Restaurantes, ônibus, estacionamentos e até mesmo banheiros pagos dependem de cliques em lugar de dinheiro em espécie. Metade dos varejistas da Suécia preveem deixar de aceitar cédulas antes de 2025.

O BharatQR é um sistema de pagamento integrado indiano desenvolvido em 2016 pelo NPCI, Visa, MasterCard e American Express. O sistema padronizou o uso de QR Codes para realizar pagamentos, diminuindo a necessidade do uso de máquinas de cartão.

Predominantemente impulsionada pelo universo on-line, a ruptura digital traz à tona a discussão do O2O (Online-to-Offline). Estimular a concorrência é importante para ampliar serviços bancários populares. Um banco pioneiro lançará um sistema de pagamento biométrico por meio da sua rede, permitindo transações financeiras on-line em pontos de venda usando essa autenticação como modo de segurança.

Esse, como exemplo, é um ponto de um programa avançado para uma Frente Ampla Democrática (do centro à extrema-esquerda) apresentar na próxima eleição presidencial brasileira: eliminar a possibilidade de existir os “geddeis”. Está “moeda-nacional” é uma referência às “impressões digitais” do ex-ministro Geddel Vieira Lima encontradas nos R$ 51 milhões em espécie, distribuídos em malas e caixas.

Os combates à corrupção, à lavagem de dinheiro-sujo e à sonegação fiscal avançarão com o fim da impessoalidade nos pagamentos. Estes deixarão “pegadas eletrônicas” para serem rastreadas por big-data, isto é, pesquisa em grandes bancos de dados.

Desincentivar o uso do dinheiro em espécie, além da redução dos custos com guarda e transporte de numerário, possibilitará a redução das despesas administrativas dos bancos cobradas no spread do crédito. Mitigará também os riscos de lavagem de dinheiro e assaltos, seja às agências e ATMs, seja às pessoas físicas.

Os diversos programas partidários, quando há fragmentação dos partidos como no Brasil, cada qual com seu cacique, são um grande problema para as tentativas de união ou formação de uma Frente Ampla de centro à esquerda contra a direita. Assim quando um programa é específico, as diferenças devem ser abordadas e superadas por consenso.

Progressistas tendem a falar sobre programas. Mas os programas não são só o que a maioria dos brasileiros quer saber. A maioria quer saber:

  1. o que o candidato apoiador defende,
  2. se seus valores são os valores “certos” face ao seu moralismo,
  3. o que seus princípios são,
  4. em qual direção moral seu candidato quer levar o país.

No discurso público, valores superam programas, princípios superam programas, direções políticas trunfam programas. Valores, princípios, e direções políticas são exatamente as coisas possíveis de unir progressistas, se eles forem criados corretamente. A razão deles poderem nos unir é eles estarem conceitualmente acima de todas as coisas capazes de nos dividir.

Por exemplo, Alexandria Ocasio-Cortez, a mais notável congressista de esquerda do Partido Democrata norte-americano, lançou um esboço amplo de uma visão para o Green New Deal, um plano para combater a injustiça econômica e racial, enquanto luta contra a mudança climática. O documento também endossa a saúde universal, uma garantia de emprego e a educação superior gratuita.

Em uma fase de debate preparatória para o enfrentamento de populista de direita – o capitão aqui, o bilionário lá –, é necessário arregimentar apoios em defesa de um programa comum. Nele se corrigirá erros cometidos no governo social-desenvolvimentista (2003-2014), como o “capitalismo de compadrio”, e avançará propostas para uma boa vida durante todas as horas e todos os dias.

Postado também em: https://www.brasil247.com/pt/colunistas/geral/393235/Pagamentos-247-durante-todo-o-dia-a-cada-semana.htm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s