Estrangeiros não querem comprar o Brasil nem barato!

Estrangeiros não querem comprar o Brasil nem barato! Serão capazes de aceitar até de graça?

A temporada de IPOs de abril de 2021 sofreu altos e baixos por conta da volatilidade do mercado, da concorrência de uma bolsa “barata”, de ofertas de ações subsequentes e também do tamanho de algumas operações, abaixo do bilhão. Elas oferecem menos liquidez.

Em mercado volátil, houve apreensão dos investidores com ofertas pequenas. A preocupação era entrar e não conseguir sair em boas condições, no caso de piora de mercado.

Para o segundo semestre, a lista de candidatas a IPO inclui empresas e operações de maior porte. Nem isso deve favorecer as distribuições. O cenário interno não estará mais tranquilo, com mais estabilidade na moeda. Isso sempre afeta o interesse do estrangeiro.

Entre os IPOs concluídos, Dasa e Caixa Seguridade, os maiores da temporada, contaram com a participação do estrangeiro, mesmo com o aumento da percepção de risco-país. Quando a oferta é pequena, para esse investidor, não vale a pena gastar tempo de análise, pois terá alocação de valor baixo.

O fato de os IPOs enfrentarem dificuldades em abril foi de certa forma curioso, pois no mês o Ibovespa retomou os 120 mil pontos, o que não é um “patamar de crise”.

Depois de dois meses de saída líquida de capital externo da bolsa brasileira, o fluxo estrangeiro caminha para um resultado bem positivo em abril. No mês até dia 28, os investidores não residentes ingressaram com R$ 7,4 bilhões no mercado secundário (ações já listadas) da B3. Com isso, o saldo acumulado no ano é superavitário em R$ 19,6 bilhões. O resultado é beneficiado principalmente pela forte entrada de R$ 23,6 bilhões em janeiro, a despeito da debandada em fevereiro (R$ 6,8 bilhões) e março (R$ 4,6 bilhões).

Agora, com o retorno dos investidores estrangeiros, o Ibovespa registrou firme alta em abril e subiu 1,94%, aos 118.894 pontos. Isso poderia ser mais positivo se não fosse a realização de lucros nos últimos dois dias do mês. Dessa forma, o índice fica no zero a zero no acumulado do ano e praticamente no meio do caminho entre a mínima mais recente, de 110 mil pontos, e a máxima histórica, de 125 mil pontos no começo de janeiro.

Na contramão dos estrangeiros, os agentes locais se desfizeram das ações ao longo de abril. O investidor pessoa física retirou R$ 2,3 bilhões do mercado secundário da B3 em abril até o último dia 28, embora o saldo continue superavitário no ano, em R$ 12,6 bilhões. Já o institucional sacou R$ 6,1 bilhões em abril e tem saldo negativo no ano, em R$ 25,3 bilhões.

O que se observa, entre os analistas, é uma visão positiva sobre o ambiente global, mas uma “cautela otimista” sobre os rumos da economia local. Logo, para evitar o Brasil perder mais oportunidade de aproveitar do melhor cenário internacional, os investidores devem exigir também avanços com a agenda econômica no sentido de retomada do crescimento da renda e do emprego de maneira sustentada.

2 thoughts on “Estrangeiros não querem comprar o Brasil nem barato!

  1. Bom dia, professor.

    As ações da Caixa Seguridade foram precificadas em R$ 9,67, inicialmente. Fecharam o pregão de sexta feira (07/05/21) valendo R$ 10,95. Uma valorização, portanto, de 13,24% desde o IPO. E não de 3,5%, como mostra o gráfico.

    Vale ressaltar que o IPO da Caixa Seguridade representante o início do processo de privatização de um banco que era 100% público. Lucrativo. E parceiro estratégico do governo federal, sobretudo em relação ao financiamento de moradia popular, à poupança gratuita e à operacionalização de toda gama de benefícios sociais (bolsa família, auxílio-emergencial, abono salarial etc).

    Várias questões envolvem o processo de privatização da Caixa, entre elas: i) faz sentido a privatização de um banco que dá lucro?, ii) um banco privado terá interesse em atender necessitados de assistência social… por qual preço? iii) sem o apoio de um parceiro estratégico fundamental, a economia brasileira, pouco competitiva em relação às economias avançadas, tende a crescer mais ou menos?

    Abraços.

  2. Republicou isto em Iso Sendacz – Brasil and commented:
    O que gera acumulação financeira no mercado secundário de ações – aquele de compra e venda entre proprietários na bolsa de valores -é exatamente o entra e sai. Nem um tostão passa ao financiamento das empresas e, no mês de abril, gera um extra com a distribuição de lucros.
    No mercado primário, aquele em que os capitalistas arriscam o seu dinheiro ao injetá-lo na produção e comércio, teme o professor que “de graça” estará caro, dada a má gestão da economia brasileira.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s