Economia no Cinema 2020

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

INSTITUTO DE ECONOMIA

CURSO DE GRADUAÇÃO

CE- 858 – TÓPICOS ESPECIAIS DE ECONOMIA III –
“ECONOMIA NO CINEMA” (ELETIVA)

Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa: fercos@unicamp.br

AVISO IMPORTANTE – a Resolução 35/2020 da reitoria da Unicamp (24/03/2020) expressou:

“Fica recomendado que, quando possível, as disciplinas tenham continuidade integral ou parcial com o emprego de estratégias de aprendizagem não presenciais.

§ 2º – Os planos de estudos das disciplinas, incluindo a atuação de PADs e PEDs e BAS, se for o caso, deverão ser encaminhados à Pró-Reitoria de Graduação para documentação e apresentação posterior aos órgãos correspondentes.”

Planejo como emprego de estratégias de aprendizagem não presenciais encomendar aos alunos a leituras e resenha do livro-apostila “Economia em Documentários”, com o conteúdo das cinco partes do curso.

Esse método fica mais flexível para cada aluno alocar seu tempo. A interação digital com “aulas à distância” com simultaneidade de horários, sem constituir uma real EaD sob demanda com recursos gráficos e gravação profissional, parece ser muito dispersiva.

Nos links abaixo poderá baixar os cinco livros a serem lidos, caso deseje aumentar o conhecimento. O primeiro é para ser resenhado (clique no link para baixar) e instrução de como escrever resenhas — 4 páginas são suficientes:

Como Escrever Resenhas

Fernando Nogueira da Costa – Economia em Documentários – Coletânea de Textos para Discussão em Seminários

NIALL FERGUSON – Civilização: Ocidente X Oriente.epub

DANIEL YERGIN – A Busca: Energia, Segurança e Reconstrução do Mundo Moderno.epub

FERGUSON, Niall – A Ascensão do Dinheiro.pdf / A Ascensão do Dinheiro.epub

RAY DALIO – Crise da Grande Dívida.pdf

Ainda não consegui me comunicar com todos os alunos. Favor avisar aos seus colegas sobre essa possibilidade.

Solicitei à Coordenação da Graduação a aprovação desse Plano de Estudos substituir, para quem escrever a resenha, a exigência de frequência em aulas, sejam presenciais, sejam virtuais.

Continuar a ler

Economia em Documentários

O objetivo da Disciplina Eletiva “Economia no Cinema” a ser oferecida por mim neste semestre letivo da graduação do IE-UNICAMP, a partir do dia 3 de março de 2020, é delinear uma alternativa ao ensino tradicional de Economia. Usarei filmes para aplicar conhecimento econômico em suas interpretações. No caso deste semestre, usarei documentários.

Organizei uma apostila eletrônica para servir como base das discussões de cada documentário. Eles duram em média 50 minutos. A outra metade da aula será ocupada por um debate sobre o visto, ilustrado pelos textos escolhidos na coletânea. Cada capítulo se refere a um documentário.

Continuar a ler

Programa e Bibliografia de Mercado Bancário – 2019

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

INSTITUTO DE ECONOMIA

CURSO DE EXTENSÃO

ECO-208 – MERCADO BANCÁRIO

Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa

Objetivo: Apresentar fenômenos relacionados ao mercado bancário, tais como política monetária e financiamento; atuação social-desenvolvimentista de bancos públicos; Banco do Brasil e crédito agrícola; Caixa e crédito habitacional; BNDES e crédito à infraestrutura; BNB-BASA e crédito regional. Analisar segmentos do mercado bancário: mercado de reservas bancárias e sistema de pagamentos; mercado de captação de funding; precificação no mercado de crédito. Inovações Tecnológicas das Fintechs e/ou Neobanks. Debater as perspectivas futuras.

Programa e Bibliografia (click no link):

Continuar a ler

Métodos de Análise Econômica V – 2019

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

Instituto de Economia

CE-542 – MÉTODOS DE ANÁLISE ECONÔMICA V

2º semestre de 2019

Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa

Ementa: Métodos e instrumentos de análise de conjuntura econômica. Análise das políticas socioeconômicas e formas de intervenção governamental para regulação de economia de mercado. Separação em Microeconomia (decisões dos agentes econômicos) e Macroeconomia (resultante sistêmica dessas diversas decisões). Reintegração da Economia como um dos componentes interativos de um Sistema Complexo. Transição da formação de profissionais especialistas para a de generalistas. Retomada da metodologia interdisciplinar em direção à metodologia transdisciplinar.

Horário: segunda-feira e quarta-feira no mesmo horário (10:00-12:00) – Sala IE-07

Programa:

Continuar a ler

Finanças Comportamentais para Planejamento Financeiro Pessoal

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

INSTITUTO DE ECONOMIA

SECRETARIA DE GRADUAÇÃO

Rua Pitágoras 353 – CEP: 13083-857 – Campinas – SP

Fone (0 55 19) 3521.5735   grad@eco.unicamp.br

CE-858 – ELETIVA: FINANÇAS COMPORTAMENTAIS PARA PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL

Turma C
Terça-feira das 21h às 23h.
Quinta-feira das 19h às 21h. 

Professor Titular do IE-UNICAMP: Fernando Nogueira da Costa

Ementa:

Educação financeira a respeito de rendas do trabalho, do capital produtivo, do capital financeiro, do capital imobiliário, neuromarketing ou prevenções contra impulsos emocionais para consumir, neuroeconomia ou psicologia dos investidores, finanças comportamentais, planejamento financeiro da vida pessoal e/ou familiar, planejamento financeiro da aposentadoria, economia da felicidade ou da boa vida.

Objetivo:

O objetivo deste curso eletivo é divulgar ensinamentos sobre a cultura financeira, isto é, conhecimentos a respeito das formas de acumulação e manutenção de riqueza através da seleção de carteira de ativos, e técnicas de planejamento financeiro da vida pessoal até a aposentadoria, para substituir a renda do trabalho pela renda do capital financeiro e/ou imobiliário.

Justificativa:

Alguns cientistas estão empenhados em conhecer os fatores racionais e emocionais capazes de levar os indivíduos a gastar ou investir. Áreas distintas da ciência estão somando conhecimentos para estruturar o campo de estudo destinado a cumprir essa tarefa: a Neuroeconomia. Ela é resultado da união de ferramentas de investigação e conhecimentos da Psicologia, da Economia e da Neurologia, com a ajuda de seus sofisticados aparelhos de diagnóstico por imagem ou tomografia, por ressonância magnética funcional e/ou por eletroencefalograma portátil, em forma de capacete.

De um lado, desenvolveu-se o chamado Neuromarketing. Usa as ideias sobre a tomada de decisões para atiçar as vendas, mas ajuda também a descobrir meios de melhorar as reações do consumidor, prevenindo-o contra impulsos emocionais. De outro lado, cursos para leigos, ministrados por economistas especialistas em Finanças Comportamentais, ensinam os alunos a evitar as armadilhas da mente humana e a tomar decisões vantajosas no tempo certo.

Para orientação a respeito, esses economistas se debruçam sobre a extensa evidência de experiências compilada por psicólogos cognitivos sobre vieses heurísticos sistemáticos. Surgem quando as pessoas formam crenças ou preferências a respeito de decisões financeiras.

Continuar a ler

China e Brasil: Desafios e Oportunidades

Olá Fernando,
Escrevo para divulgar o curso ‘China e Brasil: Desafios e Oportunidades‘. Está com inscrições abertas para sua segunda turma. Como você sabe, trata-se de um curso inteiramente online, de curta duração, oferecido pela Escola de Extensão da Unicamp, com início em agosto de 2018.
Peço, por gentileza, para repassar a possíveis colegas interessados no tema e, se possível, divulgar em seu blog. Segue o link:

Muito obrigado!

Grande abraço,

Roberto Borghi

Métodos de Análise Econômica 2017

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

Instituto de Economia

CE-542 – MÉTODOS DE ANÁLISE ECONÔMICA V

2º semestre de 2017

Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa

Ementa: Métodos e Instrumentos de análise de conjuntura econômica. Indicadores de instituições nacionais e multilaterais. Conhecimento de fontes de informações e uso de banco de dados. Busca da simplicidade em complexidade de grandes planilhas Excel. Treinamento em Office: Cursos à Distância. Uso de Power BI. Apresentação em Slides do Google, Prezi, ou Infogram-Prezi dos resultados de pesquisas empíricas: organização conceitual de dados e informações.

Horário: segunda-feira e quarta-feira no mesmo horário (08:00-10:00).

Continuar a ler

Financiamento Público e Regimes de Previdência

INSTITUTO DE ECONOMIA

Maiores Informações: Secretaria de Extensão  (das 09h00 às 21h00)

Fones: (019) 3521-5728 e 3521-5815

E-mail: extensao@eco.unicamp.br  / http://www.eco.unicamp.br

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA E GOVERNO

Financiamento Público e Regimes de Previdência

EMENTA: Modalidades de financiamento do setor público e/ou políticas públicas: arrecadação fiscal, emissão monetária, endividamento ou crédito público. Funções dos bancos públicos: missões sociais e ações comerciais. Reestruturação dos bancos públicos federais. Fontes de financiamento: fundos constitucionais (“parafiscais”), fundos sociais (FGTS, FAT, Fundo Soberano, etc.), captação comercial de funding e operações estruturadas de mercado de capitais. Modalidades de regimes previdenciários: regime geral (INSS), regimes próprios da União, DF, Estados e Municípios brasileiros (para servidores públicos), e regime de Previdência Complementar. Demografia e crise da Previdência Social. Posturas financeiras dos regimes de repartição e de capitalização: Ponzi (INSS), Especulativa (Benefício Definido) e Protegida (Contribuição Definida). FUNPRESP (Fundo de Previdência Complementar do Servidor Público). Fundos de pensão fechados: papel estratégico no Capitalismo de Estado Neocorporativista. Fundos de pensão abertos (PGBL/VGBL): papel-chave da Previdência Privada na aposentadoria de profissionais com Ensino Superior.

PROFESSOR RESPONSÁVEL: Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa

PROGRAMA E BIBLIOGRAFIA BÁSICA: Continuar a ler

Economia no Cinema e na Música: Cidadania e Cultura Brasileira

UnicampUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

INSTITUTO DE ECONOMIA

CURSO DE GRADUAÇÃO

 CE858 – TÓPICOS ESPECIAIS DE ECONOMIA III: “Economia no Cinema: Cidadania e Cultura Brasileira” (ELETIVA) – 1o. semestre de 2017

Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa

Objetivo: debater respostas apresentadas pelo Cinema Brasileiro e pela MPBE – Música Popular Brasileira sobre Economia à pergunta-chave: que país é este? Discutir a dependência da trajetória brasileira, configurada através das interações entre diversos componentes de um Sistema Complexo, destacadamente, os direitos da cidadania (civis, políticos, sociais, econômicos e das minorias), conquistados ao longo da História do Brasil, e os deveres educacionais, culturais e comportamentais éticos e democráticos, relegados a segundo plano. Propiciarão a emergência de uma democracia socioeconômica e política?

Método didático: debater se as ideias abordadas pelos filmes exibidos ou pelas músicas escutadas são representativas (ou não) de distintas interpretações sobre o Brasil, obtidas por leituras prévias da historiografia brasileira clássica, ou são expressões de sentimentos populares. A aprendizagem entre pares permitirá aos estudantes relacionar o que aprenderam, lendo ou assistindo aula, com a estória retratada nos filmes ou com os temas abordados nos distintos gêneros musicais. Assim, estimulados por empatia, eles se moverão em direção à apropriação intelectual dos temas apresentados.

Horário noturno: 3a. feira (21:00-23:00) e 5a. feira (19:00-21:00) – Sala 7

Programa e Bibliografia:

Leitura básica:

Fernando Nogueira da Costa – Interpretações do Brasil ou da Tropicalização Antropofágica Miscigenada – 2017

MOTA, Lourenço D. (org.). Introdução ao Brasil: um banquete no trópico. São Paulo. Editora SENAC, 1999.

Resenhas no Blog Cidadania & CulturaCategoria: História do Brasil

Continuar a ler

Economia Monetária 2017

UnicampINSTITUTO DE ECONOMIA

Maiores Informações: Secretaria de Extensão (das 09h00 às 21h00)Fone: (019) Fone: (019) 3521-5709 / 3521-5834
E-mail: extensao@eco.unicamp.br :http://www.eco.unicamp.br

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ECONOMIA FINANCEIRA (ECO-200)

ECO-201        ECONOMIA MONETÁRIA

EMENTA: Origem, formas de moeda e funções do dinheiro. Formação da Taxa de Juros. Debate sobre Juros no Brasil. Teorias das Decisões Financeiras em Condições de Incerteza: Finanças Racionais (fluxo de caixa descontado, diversificação do risco e eficiência do mercado) e Finanças Comportamentais (viés heurístico, dependência da forma, ineficiência do mercado).

PROFESSOR RESPONSÁVEL: Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa

LOCAL E HORÁRIO: Pavilhão da Pós-Graduação no IE-UNICAMP, segunda-feira, 19:15-22:15

Guias Didáticos:

Fernando Nogueira da Costa – Economia Monetária e Financeira: Uma Abordagem Pluralista. São Paulo, Makron Books, 1999.

Fernando Nogueira da Costa – Cartilha de Finanças Pessoais. Campinas, IE-UNICAMP, 28-set-2016.

PROGRAMA E BIBLIOGRAFIA:
Continuar a ler

Métodos de Análise Econômica 2016

UnicampUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

Instituto de Economia

CE-542 – MÉTODOS DE ANÁLISE ECONÔMICA V

2º semestre de 2016

Prof. Dr. Fernando Nogueira da Costa

Ementa: Métodos e Instrumentos de análise de conjuntura econômica. Indicadores de instituições nacionais e multilaterais. Conhecimento de fontes de informações e uso de banco de dados. Busca da simplicidade em complexidade de grandes planilhas Excel. Apresentação em PowerPoint, Slides do Google ou Prezi dos resultados de pesquisas empíricas: organização conceitual de dados e informações.

Horário: segunda-feira e quarta-feira no mesmo horário (8:00-10:00). Reservada a Sala IE-12.

Bibliografia:

Fernando Nogueira da Costa – Ensino e Pesquisa em Economia

TDIE 261 Economia Interdisciplinar

TDIE 263 Arte da Economia

Fernando Nogueira da Costa – Formação do Economista no Brasil Contemporâneo

Programa:

PARTE I: MÉTODOS E INSTRUMENTOS DE ANÁLISE DE CONJUNTURA ECONÔMICA Continuar a ler