Riqueza Imobiliária

tdie-284

O objetivo deste Texto para Discussão, elaborado por meus alunos do Doutorado, no segundo semestre de 2016, e por mim, é o estudo de caso da riqueza imobiliária no Brasil com novo método de análise econômica. A Economia da Complexidade propicia a integração de diversos insights e escalas de análises interdisciplinares.

A hipótese central é que a emergência dos valores de mercado da riqueza imobiliária advém das interações dinâmicas entre os participantes do mercado imobiliário brasileiro. Seus diversos comportamentos são moldados por lógicas de ação institucionais. A evolução dinâmica desse sistema de preços de imóveis auto organizado é o resultado das cadeias de interconexões que emergem e submergem em uma rede de relacionamentos entre seus componentes, tanto na formalidade, quanto na informalidade. A riqueza imobiliária é valorizada ou subvalorizada, periodicamente, dentro desse sistema complexo com múltiplos agentes interativos.

DownloadTDIE 284 Riqueza Imobiliária

Formação do Economista no Brasil Contemporâneo

tdie-279

Resumo: O objetivo deste artigo — TDIE-279 – Formação do Economista no Brasil Contemporâneo — é apresentar alternativas metodológicas para o ensino de Economia no Brasil contemporâneo.

A análise do conteúdo dos cursos é realizada em três níveis de abstração:

  1. Ciência Econômica Abstrata ou Economia Pura,
  2. Economia Aplicada,
  3. Arte da Economia.

Cada um deles se divide entre:

  1. Economia Positivao que é – e
  2. Economia Normativao que deveria ser.

A principal proposta é de superação da formação “ortodoxa” dos economistas brasileiros por uma atualizada com a nova fronteira teórica pluralista e interdisciplinar.

Como argumentação em defesa da hipótese de que a formação contemporânea, em tempos de crise, deve ser mais generalista, exigindo maior abertura teórica e tolerância ideológica, faz uma breve análise da história do pensamento econômico brasileiro e examina a situação dos cursos e do profissional formado por eles.

MotivaçãoCarta Convite da ANGE ao Fernando Nogueira da Costa

cartaz_ange_2016Programação do XXXI Congresso da ANGE

Bancos no BRIC

Capa DD Capa 2 DD Sumário DD

Link para a revista Desenvolvimento em Debate, cuja temática diz respeito aos sistemas bancários do BRIC: Brasil, Rússia, Índia e China. Está disponível no endereço: http://desenvolvimentoemdebate.ie.ufrj.br/edicoes_v_3_n_2.html .
Cópia digital da revistaDesenvolvimento em Debate_v3_ n.2_2015

Leia a apresentação dos Editores abaixo: Continue reading “Bancos no BRIC”

Estratificação Social da Riqueza e Renda no Brasil

TDIE 270

Coloco para download um Texto para Discussão de minha autoria — TD270 Estratificação Social da Riqueza e Renda no Brasil –, postado ontem no site do IE-UNICAMP. Contém resultados da minha pesquisa sobre distribuição da riqueza e renda entre as castas conforme dados das DIRPF 2014 – AC 2013 e da ANBIMA.

No caso de análise com base em castas, a sociedade não é vista como um aglomerado de indivíduos atomizados, como os individualistas tendem a enxergar, nem como composta das classes econômicas dos coletivistas, segundo as quais as pessoas são categorizadas conforme suas propriedades. A sociedade é analisada sim como composta de grupos profissionais, cada um dos quais gerando seu próprio ethos, isto é, espírito, caráter, mentalidade.

Nesse sentido, o conceito de casta será útil para uma análise distinta daquela de “luta de classes”, colocando o foco na dinâmica dojogo de alianças entre castas” como construtor da longa história da civilização. Creio que uma reflexão sobre o tema é importante para análise da conjuntura que vivemos no Brasil.

TDIE 270

Estratificação social da riqueza e renda no Brasil

AUTOR: Fernando Nogueira da Costa
5/2016

Continue reading “Estratificação Social da Riqueza e Renda no Brasil”

Revista de Empreendedorismo, Negócios e Inovação

Clique aqui para visualizar a revista integralmente

Apresentação da Revista

Anapatrícia Morales Vilha

——————————

Editorial

José Henrique Bassi Souza Sperancini

“O primeiro artigo, oferecido por pesquisadores do Instituto de Economia da Unicamp, ilustra o perfil dos artigos teóricos que pretendemos receber. A RENI visa divulgar conhecimento acadêmico e profissional com ênfase em análises interdisciplinares e avanços conceituais e metodológicos. Deseja promover artigos teóricos com conteúdos instigantes, provocativos e audaciosos de autores que aspiram aplicar energia na criatividade, no experimentalismo e na divulgação de insights mais do que no formalismo excessivo. Nesse sentido, o artigo de abertura explora análises interdisciplinares na fronteira teórica da Ciência Econômica. Analisando a Economia da Complexidade, o artigo reúne “insights” e escalas de análise interdisciplinares, buscando superar a visão econômica ainda inspirada no mecanicismo da Física newtoniana.”

——————————

Economia Interdisciplinar

Fernando Nogueira da Costa; Taciana Santos; Daniel Pereira da Silva; Samir Luna de Almeida.

Continue reading “Revista de Empreendedorismo, Negócios e Inovação”

Interações entre Componentes Regionais do Sistema Bancário Nacional

Captura de Tela 2016-03-30 às 18.14.33

Resumo:

Neste Texto para Discussão, depois de um breve levantamento das principais hipóteses dos autores pós-keynesianos que estudaram as perspectivas da concentração bancária regional no Brasil antes de 2003, lanço minha hipótese de análise. Em vez de pressupor que “as finanças vêm influenciando a organização do espaço geográfico brasileiro”, minha hipótese é que há retroalimentação: “a organização do espaço geoeconômico brasileiro influencia o crédito”.

Analiso a concentração regional por sedes e redes de agências dos bancos. Depois, apresento os principais traços do modus operandi dos bancos dominantes.

A reação resultante desse processo de realimentação por intermédio do qual uma ação é controlada pelo conhecimento do efeito de suas respostas caracteriza a tendência histórica de concentração bancária regional por captação de riqueza financeira e destino do crédito dirigido pela demanda no caso de bancos privados e por política pública no caso de bancos públicos. Continue reading “Interações entre Componentes Regionais do Sistema Bancário Nacional”

Discussão de Economia Interdisciplinar

Seminário 30.03.16

Para downloadTDIE 261 Economia Interdisciplinar

Pós-tudo (e neonada), o economista em crise deitou no divã. Quando são dolorosos ou inapropriados demais para que a mente consciente possa suportar, ideias, memórias e impulsos são reprimidos. Ficam armazenados no inconsciente, junto com os impulsos instintivos, no qual não são acessíveis pela consciência imediata. Continue reading “Discussão de Economia Interdisciplinar”