Temas do Blog

Cidadania (Economia, Política, Sociedade e Comportamentos)
& Cultura (
Arte, Cinema, Livros, Música, Futebol, Humor e Internet)

Leia:

História da Cidadania

Manifesto da Esquerda Democrática Pós-Marxista

A conquista social progressiva de direitos consiste na marcha gradual para os valores republicanos democráticos: igualdade, fraternidade e liberdade. Esses direitos, tradicionalmente, são divididos em três tipos: Civis, Políticos e Sociais. A cidadania consiste apenas na conquista desses direitos, mas sim na prática cotidiana dos direitos e deveres de cada indivíduo em um Estado.

Os direitos e deveres de um cidadão devem andar sempre juntos, uma vez que o direito de um cidadão implica necessariamente em uma obrigação de outro cidadão, no mínimo, via pagamento de tributos. O seguinte conjunto de direitos e práticas dá à cada pessoa a possibilidade de participar ativamente da vida pública e do governo de seu povo.

Direitos civis consistem na garantia da liberdade religiosa e de pensamento, o direito de ir e vir, o direito a propriedade, a liberdade contratual, principalmente, a de escolher o trabalho – um homem/mulher não se submeter a ser servo ou escravo de outro homem/mulher –, e finalmente, a justiça, que deveria salvaguardar todos os direitos anteriores.

Direitos políticos referem-se aos direitos eleitorais (possibilidade de votar e ser votado) o direito de livre associação (partidos, sindicatos, etc.) e o direito de protestar.

Direitos sociais referem-se ao direito à educação básica, à saúde pública, a programas habitacionais, transporte coletivo, previdência, lazer, acesso ao sistema judiciário, etc.

Direitos das minorias referem-se ao direito dos consumidores, dos idosos, dos adolescentes, das crianças, dos deficientes, dos homossexuais, das minorias étnicas, dos animais, da natureza (meio ambiente), etc.

Direitos econômicos referem-se ao salário mínimo, à estabilidade no emprego, ao acesso à bancos e crédito (cidadania financeira), à aposentadoria digna, à tributação progressiva, etc.

Nessa área que a direita neoliberal mais resiste em ceder, pois acha que, acima de tudo, está “a liberdade das forças de O Mercado”. A esquerda contemporânea busca colocar travas institucionais na exploração dos mais poderosos sobre os menos poderosos sem impedir, pelo contrário, defendendo a concorrência.

A distinção entre aquilo que está escrito na lei e aquilo que é praticado no cotidiano representa diferenciar dois tipos de cidadania: a “formal” e a “real”.

Cidadania formal refere-se a maneira como a cidadania está descrita formalmente na lei, nas constituições nacionais, é a garantia que o indivíduo tem para lutar legalmente por seus direitos.

Cidadania real (também denominada de substantiva) refere-se à maneira como a cidadania é vivida na prática. Nem todos os seres humanos são tratados como iguais, socialmente, se a sociedade se estrutura desigualmente. Alguns grupos compostos de pobres, negros, deficientes, etc., ainda passam por os mais diversos tipos de necessidades e sofrem preconceitos.

Por exemplo, a política afirmativa de cotas se justifica enquanto um aluno de escola pública que não conseguir competir em condições de igualdade com um aluno de escola particular. Ele tem sua cidadania “formal” conquistada, pois a lei lhe garante acesso à educação, contudo, a cidadania “real” está bem longe de ser atingida se ele não pode progredir para o ensino superior.

Como consultar posts publicados:

1. Na coluna à esquerda, PROCURAR neste blog: colocar o tema ou a palavra-chave e clique ENTER ou GO.

2. Nas Categorias (coluna à esquerda), classificação dos posts (entre parênteses, número de artigos publicados), inclusive Aulas, Programas e Bibliografias de Cursos ministrados por mim.

Obs.: há Sub-categorias, p. ex., Abordagem Econômica se subdivide em Abordagem Estruturalista, Abordagem Internacional e Abordagem TeóricaCinema se subdivide em Cinema Clássico, Cinema de Autor, Documentários, História no Cinema, Trilha Sonora; Estante se subdivide em Estante de Comportamentos, de Crônicas, de Economia, de Política e de Sociedade; História se subdivide em História da Filosofia, do Pensamento Econômico, do Pensamento Político, Sociológico e Psicológico, História GeralFinanças se subdivide em Finanças de Bancos, Finanças Comportamentais e Finanças ImobiliáriasMúsica se subdivide em Música de Gerações, Música Salva a Vida, Música Ultrapassa as Fronteiras, Música Universal Brasileira; Livros de Cabeceira se subdivide em Estante de Comportamentos, Estante de Economia, Estante de Literatura, Estante de Política, Estante de Sociedade; Noção de Nação se subdivide em Política Brasileira, Política Econômica, Sociedade Brasileira.

3. Abaixo, na coluna à esquerda: Posts Recentes.

4. No Calendário, pesquisar postagem por dia, desde o dia 21 de janeiro de 2010, data do primeiro post.

5. Nas Palavras-Chave (Tags), apresentam-se, em tamanho de “nuvem” (proporcional ao número de posts), os assuntos mais tratados.

Como mudar de página:

1. Palavras em verde, geralmente, representam Links: selecione, clique e pesquise; para voltar à Página Inicial, clique no link Inicio / Home abaixo da coluna da esquerda ou no círculo acima com minha foto.

2. Geralmente, os posts possuem apenas a chamada (primeiro parágrafo) na página inicial, portanto, clique em Ler mais, Continue reading ou Read the Rest of this Entry, para continuar sua leitura.

3. Para dar Zoom em Gráfico / Tabela, aumentando seu tamanho, clique na Figura.

4. Para ler continuamente os posts, na ordem da postagem, clique no final da Página.

5. Deixe um Comentário (em cada post): o autor agradece algum retorno positivo, seja incentivo, seja sugestão. Não serão aceitos comentários negativistas, depreciativos, irônicos, ofensivos, direitistas, etc., pela seguinte razão: Internauta + Idiota = Interniota / https://fernandonogueiracosta.wordpress.com/2014/06/30/discurso-de-odio/

6. Se quiser criar um Gravatar para você, sua imagem aparecerá em todas as suas intervenções. Sendo debate virtual e não presencial, é bom ver a cara de quem a gente está conversando, não? As instruções para isto você encontrará em: Como Inserir Foto ou Gravatar nos Comentários

Obs.: Qualquer foto escaneada ou digitalizada poderá ser utilizada, inclusive a de corpo inteiro, porque no programa você poderá recortá-la, p.ex., deixando apenas o rosto. Você poderá adotar, alternativamente, algum símbolo/signo, pesquisando no Google Imagens.

7. Blog é parte da rede social; dentro da blogosfera adota-se o Creative Commons e a Cultura do Remix, ou seja, compartilhamento juntando comentários. Aqui pretende-se socialização de conhecimento e não apropriação de direito autoral.

Leia: https://fernandonogueiracosta.wordpress.com/2010/08/20/geekonomia-e-distribuicao-de-pensamento-viva-o-remix/

16 thoughts on “Temas do Blog

  1. Professor Fernando,

    Bom dia.

    Já conhecia o blog e o acompanhava quase que diariamente, agora como aluno serei ainda mais assíduo.

    Abraço,

    Alberto Soares

    1. Prezado Alberto,
      como você o conheceu? Interessa-me saber quais os melhores canais para divulgá-lo.
      Ontem, quando coloquei a ferramenta de compartilhamento dos posts nas redes sociais (Tweeter e Facebook), e-mail e impressão, o número de visitas deu salto para 532 no dia!
      Grato.

      1. Conheci via link do site do zé dirceu. Sou economista e agora economiário aposentado. Conheci sua pessoa na CAIXA quando assumiu a VP.

  2. Gostei do blog, assuntos interessantes!
    conheci agora, não sei se me tornarei uma assídua visitante, a unica certeza que tenho é a morte. Mais antes que o dia amanheça, quero parabeniza-lo!

    1. Prezada Dinny Complicada,
      sugiro tornar-se seguidora (no canto direito deste blog): Subscrição por Email
      Clique para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

      Junte-se a 318 outros seguidores
      att.

  3. Ola Prof. Sou academica, docente e conteudista de materiais academicos de graduacao de uma IES em Ribeirao Preto e gostaria de utilizar parte de seu material, especificamente a pesquisa da ServIndústria e Tecnologia de Informações em um material que estou desenvolvento como estudo de caso referenciando fonte e autor e gostaria de sua autorização. Grata, Clarisse

  4. Fernando, gostaria de parabeniza-lo pelo Blog! Acompanho-o diariamente e gosto muito dos assuntos tratados!

    Sou acadêmico da área de administração, porém, amantes de questões sociais, história do Brasil e do mundo, cultura…enfim, praticamente tudo o que é discutido por aqui.

    Aproveitando, encontrei seu blog quando estava fazendo uma busca por informações sobre o livro “Civilização: Ocidente x Oriente”, onde você fez uma resenha muito boa e que fatidicamente me fez comprar o livro (que por sinal, adorei e é um dos que eu mais gosto em minha biblioteca particular).

    Também tenho um blog e às vezes “reblogo” alguns posts seus. Trato de assuntos parecidos, porém, não sou tão bom ainda quando você…rsrs…se lhe interessar, o endereço é: http://www.rbchristanelli.wordpress.com

    Atenciosamente,
    Ranielli Christanelli

  5. Compartilhar o conhecimento… isso muda o mundo !!!. Parabéns pelo blog.
    Moisés Bahia ( professor do estado do rio de janeiro ) formado pela UFF.

    P.S : Parabéns pelo material do pré-sal. Assim que tiver mais tempo, lerei as demais postagens. abraços.
    Moisés

  6. Caro Professor Fernando Nogueira. Bom dia. Li diversas abordagens suas e as achei muito interessantes e o seu conhecimento me leva a nesse momento a pedir uma orientação. Estou realizando uma pesquisa sobre Crescimento Econômico (PIB) do Norte Fluminense RJ e tenho uma dúvida que não consigo encontrar esclarecimento na literatura lida por mim. Essa se relaciona a forma de como o IBGE atualiza os valores do PIB, ou seja, qual ou quais são os índices utilizados para tornar os valores correntes em valores constantes. Você teria como me informar como é feito ou me indicar uma literatura a esse respeito? Já li o Manual Metodológico do IBGE, mas não obtive essa resposta. Desde já agradeço a atenção.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s